A Copa dos empates, por ora

Portugal fica no empate com a Costa do Marfim, num jogo sem grandes emoções. Cristiano Ronaldo duelou, sem sucesso, com a zaga marfinense e Drogba, ainda em recuperação, entrou nos instantes finais. Para o Brasil, um belíssimo resultado porque permite que, em caso de vitória, assuma a liderança isolada do Grupo G. Foi mais um empate nessa Copa de baixíssimo nível técnico e pouquíssimos gols – média de 1,5 por partida.

17 comentários em “A Copa dos empates, por ora

  1. Portugual, te contar. E o Cristiano Ronaldo ainda tem a cara de pau em dizer que Portugual é uma das favoritas. Atenua ser a estréia, mas sei não….

    1. Um time que tem Deco como principal meia de criação não pode aspirar muita coisa numa Copa. Fraquinho, fraquinho…

  2. Ambas são fraquinhas… tinha um negão marfinense que perdia todas as disputas de bola pela lateral com um zagueiro português magrinho, de cabelo estilisado…

    1. Não tinhanem Ganso, nem Pato, mais tinha um monte de galinhas no banco!!!!!Te contar mano.

  3. Gerson, nessa Copa não tem nenhuma seleção das consideradas medianas jogando bem e geralmente são elas que determinam jogos interessantes na primeira fase – Dinamarca, Sérvia, Romênia, Bélgica, Camarões, Nigéria e outros exemplos do passado. Acho que só teremos bons jogos na terceira rodada e nos mata-mata.

  4. Sinceramente,amigo Gerson, em um jogo de uma equipe só, confesso que não gostei do Brasil. Vou relevar, por pensar em tudo que envolve um primeiro jogo da copa do mundo, como falei anteriormente. Espero que esteja enganado e, o jogo contra a Costa do Marfim, vai poder ratificar isso. Assim espero.

  5. Nao entendi, Claudio, querias mais??? Acho que foi goleada.Em um time em que o armador e o triatleta e nao tem opcoes no banco, o que esperar?

    1. Jogou sim Berlli!

      Você não disse, que era pra deixar o Dunga trabalhar em páz, tá ai o que deu! Eu já sabia que seria um sufoco, é podem esperar mais de Portugal e Costa do Marfin.

      1. Calma companheiro, o Brasil não jogou hoje o que sabe, como não jogou a Argentina, a Holanda, Portugal, Itália, França. Dunga escondeu o jogo e os jogadores da imprensa e só lembrou onde estava os jogadores, jogar não sabe onde deixou. Se lembrar contra a Costa do Marfim será outra estória, caso contrário o mar, fim terá.

  6. Sinceramente nossa seleção, se abdica do futebol coletivo, pelo individualismo, sendo que os jogadores de melhor qualidade, encontram-se no setor defensivo, a meu ver o único setor sólido da nossa seleção, apesar do gol tomado!

    Pergunta que não quer calar, com a fraca atuação de Kaka hoje, que mais parecia um COCO dentro de campo, como Dunga fará para o substituir, nas proximas partidas por deficiência técnica ou uma possivel contusão. Mais é claro e evidente que o Kaka, está apenas sem ritimo de jogo, é ao mesmo tempo sem confiança em sí próprio.

Deixe uma resposta