Dunga e Jorginho capricham nas patadas

Dunga e Jorginho não receberam nenhuma pergunta agressiva, mas capricharam nas respostas atravessadas aos jornalistas. Em uma entrevista coletiva de 40 minutos, a dupla que comanda técnica da seleção brasileira deixou claro nesta quinta-feira que uma espécie de guerra com a imprensa pode ser benéfica para a equipe, ainda que tal ambiente bélico não exista.
A primeira resposta atravessada foi para uma jornalista mexicana. Ela lembra que o Brasil ganhou tudo antes do Mundial e pergunta a Dunga o que falta para ganhar a Copa do Mundo. O treinador aproveitou para dar uma ‘patada’ na mídia brasileira.

“São 300 jornalistas aqui e, se perder, muitos vão dizer ‘Eu tinha razão’. Não só comigo, mas foi com todos os treinadores que passaram aqui”, disse Dunga. O auxiliar Jorginho também pegou o microfone e desafiou: ”Você que nos mete pau não vem aqui para pegar o microfone?”, provocou. “A gente sabe que algumas pessoas torcem contra. Mas aquilo que você tem escrito, tem falado, também nos motiva. Eu vejo alguns corajosos aqui, mas tem alguns críticos que não tem a coragem para pegar o microfone”. Perguntando quem seria o crítico da seleção, Jorginho não citou nomes. “Você sabe muito bem o que tem escrito”, afirmou. “Eu acho que quando a equipe joga mal e outra é você levar a tudo pelo lado negativo.” (Da ESPN)

17 comentários em “Dunga e Jorginho capricham nas patadas

  1. Todos sabemos que essa atual seleção brasileira montada por Dunga e Jorginho, não vale nada. Mais ai esses reporteres, enxem o saco dos caras a todo momento, acontece isso mesmo. Quem fala o que quer houve o que não quer!

    1. Ao contrário, André. A grosseria não se justifica (e, em essência, não se justifica nunca) porque o grupo de repórteres que está lá em Johanesburgo, salvo honrosas exceções, evita perguntas mais ousadas. Temem – com razão – serem limados pela assessoria da CBF. Portanto, é ainda mais absurdo esse showzinho da dupla Dunga-Jorginho pastor.

      1. É Gerson, mais tudo isso que está acontecendo com essa dupla sertaneja, é reflexo das incistentes enxeções de sacos que eles sofreram aqui no Brasil!É penso que se eles conseguirem ser campeões meu amigo, sai de baixo que vaichover merda deles direto.

      2. Concordo. Se ganharmos, contudo, eles podem falar o que bem quiserem.

      3. Se a grosseria não se justifica é o que dizer da intransigência de parte da imprensa nacional!

      4. Não vejo como intransigência, André. Acho que quem assume o comando da Seleção deve ter competência técnica e jogo de cintura para aguentar a pressão. Queira ou não, meu caro, este é o país do futebol. E Dunga deveria saber bem disso, antes de tomar qualquer pergunta em ofensa pessoal. Se acha ruim, que busque ofício mais ameno.

  2. Esses repórtes que acompanham a seleção não passam de uma claque, que só sabe rir nas entrevistas, apesar da comissão técnica antipática e ranzinza.

  3. Jornalismo critico em cobertura da selecao e dificil, so na ESPN, sem querer fazer merchan, ja fazendo. Os jornalistas da Bobo tem acesso privilegiado as informacoes e sao orientados a fazer o que a CBF manda. Quanto a rispidez da dupla, nao adianta, a reporter era mexicana e eles cutucaram da mesma forma. Mas acredito que eles ja prepararam os discursos da vitoria e da derrota.

  4. Prezado Gerson,
    Concordo que o comportamente de Dunga e Jorginho é desnecessário. O Dunga está querendo evitar o OBA-OBA da Copa passada mas está confundindo isso com rabugem e ignorancia.
    Seriedade, concentração e competencia no trabalho não passam pelo mau humor que ambos demonstram sistematicamente criando mal estar com a imprensa e falta de identidade com a torcida. SELEÇAO BRASILEIRA DE FUTEBOL É ALEGRIA

  5. Em matéria de entrevista, eles são adeptos do lema: a melhor defesa é o ataque.

  6. A imprensa só vai começar atacar quando a seleção fazer partidas desastrosa e destruir quando a mesma volta para casa.

    Não vejo a hora de ver o Galvão Bueno falar ao vivo, falta Ganso, falta Neymar, tem muitos volantes, ….

    1. Isso com certeza amigo, já estána ponta da lingua dele e de muitos outros. Que se acham catedráticos em futebol, é pior a maioria desses secadores nunca jogou bola.
      Eu não sou a favor de Dunga não, mas como não se tem mais remédio, então remédiado está.
      Temos de esperar os jogos começarem e analizar a seleção, quando terminar o jogo.

  7. Como dizem ao Dulciomar, “deixem o homem trabalhar”. Essa seleção já ganhou dois títulos. Agora se vai ganhar a principal, é outra história. Acho difícil, embora as outras seleções estejam em piores níveis. O torcedor quer tudo: arte, futebol alegre e agressividade. Pra Dunga apenas precisamos de cão de guarda. E aí está. Temos que torcer e só.

  8. Gerson, concordo plenamente com vc. As vezes parece que Dunga e Jorginho passam o tempo livre lendo notas da imprensa, ao invés de buscar informações dos adversários. Afinal, alguém viu os 2 falarem de Costa do Marfim, Coréia e Portugal? Não, só falam de imprensa, chega a ser insuportável as coletivas do Dunga. E vamos ter que aguentar esse camarada caso ganhemos a COpa.

  9. Ta na hora da imprensa escrita falada e televisada, colocar esses dois babacas na geladeira, são uns trouxas que foram pernas de pau, O Dunga so jogava com a bunda no chão so carrinho , dominio de bola era zero

Deixe uma resposta