Justiça aceita tombamento do Baenão

Informação divulgada pelo antenado blog Na Ilharga indica que a Justiça aceitou o pedido de tombamento do estádio Evandro Almeida, do Clube do Remo, ajuizado pelo promotor Benedito Wilson Sá. Se confirmada a decisão, fica praticamente inviabilizada a venda do patrimônio do clube, na medida em que perde atrativo para construtora (Agre/Leal Moreira) que estava na transação, já que as linhas originais do imóvel não podem ser modificadas. O plano era construir quatro torres de apartamentos e escritórios no local onde fica o estádio remista. O valor anunciado para venda do Baenão era de R$ 32 milhões, considerado abaixo dos valores do aquecido mercado imobiliário de Belém. Caso a venda não se concretize, a diretoria terá que negociar novas formas de quitação do passivo trabalhista do clube – avaliado pelo TRT, até o mês passado, em cerca de R$ 8 milhões. Emissoras de rádio informam que os possíveis compradores já se preparam para anunciar a desistência do negócio. (Foto: MARCO SANTOS/Diário)

24 comentários em “Justiça aceita tombamento do Baenão

  1. Mas o tal promotor Benedito Wilson Sá também é conselheiro do Clube do Remo e, até onde eu sei, votou a favor da venda do estádio. Não seria contraditório ele ajuizar uma ação dessa natureza?

      1. Silas, o Remo sai vitorioso da decisão, e quem perde feio é Amaro Klautau, que se preparava para comemorar seu único título em dois anos de mandato: o de Corretor Imobiliário do Ano…

  2. Agora cá pra nós. Tombar estádio de futebol deve ser inédito no Brasil. Falando em tombamento, alguém sabe me informar se o Cemitério da Soledade é tombado?

    1. O certo é que alguém precisava pôr as coisas em ordem, caro Berlli. Tudo o que envolve essa transação é nebuloso e mal explicado, a começar pelo valor do imóvel, que o próprio clube não sabe dizer qual é. Outro absurdo é o valor da dívida trabalhista, que muda ao sabor dos interesses de Amaro Klautau. Se confirmada a decisão, quem ganha é o Remo como instituição, embora o torcedor mais ingênuo não se dê conta disso.

      1. Mas nebulosa que tua oposição ferrenha, e tão sem argumentos quanto as outras, eu duvido que seja.
        O cinturão ganha mais uma.

  3. Pelo que sei, o pedido do Sr. Benedito Wilson Sá, derrotado por Amaro Klautau, nas eleições passadas, e aí está a raivinha, mesmo que o Remo se lixe, foi apenas protocolado.Só isso. Agora seria bom se ele desse a solução para os problemas do Leão. O Ódio que essas pessoas tem no coração, são tão grandes, que eles só pensam em prejudicar as pessoas e, nunca pensando no clube.

  4. Ei rapaz! Que cinturão é esse? É o de aço do Caxiado? Se for mano, tá mais pra de “couro”, só liso!

  5. O Benedito votar a favor, no Conselho Deliberativo do Remo; e ajuizar uma ação, como promotor, para impedir a venda que ele aquiesceu no CD, lembra quando o Duciomar era deputado. Ele tinha um assessor que elaborava os projetos, que ele apresentava em plenário, e outro nas comissões que dava parecer contrário ao respectivo projeto. Aqui a gente vê de tudo.

  6. CLAUDIO, meu amigo, que sejas Gibense, tudo bem, porque passa, mas não conseguir enxergar o que esta por trás é de uma ingenuidade monstruosa. Vou te aclarar as ideias:
    1. O valor do terreno é de 52 milhões. Por que vender por 32 milhões?
    1. O terreno que o Remo vai comprar para eles construírem o estádio é de 6 milhões, quando tem terreno lá proximo por 450 mil e até agora não foi vendido(talvez seja até esse).
    3. Você, que é remista, gostará de ser gozado quando te chamarem de Leão de Marituba.
    4. E o futuro torcedor não se sentirá inferior ao rival, que mantém seu estadio.
    5. Amigo, quem não tem ideia, vende patrimônio, o que o político sabe muito bem fazer.
    6. Se você tivesse uma dívida, venderia sua casa do centro e iria morar com sua família em Marituba?
    7. Essa dívida vem de séculos, e nunca foi preciso vender o estádio. Por quê agora?

    1. É ano eleitoral amigo, falta grana para a campanha politica. É se sobrar unzinho, será bem vindo ao bolsinho né, quem tem quer mais.

  7. o REMO DEVE SE DESFAZER DESSE ESTÁDIO OBSOLETO E FEIO E ADQUIRIR UM OUTRO LONGE DALI NÃO FEIO. o RACING DA aRGENTIA NÃO DA CAPITAL, PORÉM TEM UM GRANDE ESTÁDIO E MUITOS OUTROS EXEMPLOS

  8. Desatento, postei errado minha opinião sôbre o Baenão. Acabei endreçando-o para GIBA permanece no Remo. Desculpem-me

  9. Na inglaterra colocaram no chao estadio de bem mais tradicao para construcao de um novo, aqui querem tombar um estadio obsoleto e mal acabado, sem estacionamento e com risco de ser interditado daqui a alguns anos.

  10. DIEGO: LÊ OUTROS COMENTÁRIOS SOBRE ESSE ASSUNTO. TALVEZ MUDES DE OPINIÃO. Derrubar e construir outro no mesmo lugar é o que todos queremos e se faz necessário. Tu não conheces a mente de um político.

Deixe uma resposta