Brasileiro fora da lista final da Fúria

Uma das grandes surpresas da lista da seleção da Espanha, divulgada por Vicente Del Bosque nesta quinta-feira, foi a ausência do brasileiro naturalizado Marcos Senna. Mesmo fora, o jogador agradeceu aos espanhois, ao treinador, e garantiu que acompanhará a equipe no Mundial.
“Fico triste de não fazer parte deste grupo maravilhoso. Agradeço por isso fazer parte da minha vida e espero assistir bons jogos da seleção espanhola. São jogadores de qualidade, companheiros, e vou acompanhá-los”, prometeu Senna, através de sua assessoria de imprensa.
O jogador lembrou os momentos que viveu com a Espanha. “Vivi momentos históricos da minha carreira com a Espanha. Participei da Copa de 2006, fui campeão da Eurocopa em 2008. Agradeço por tudo”, disse o jogador.
O ex-volante do Corinthians viveu uma temporada de altos e baixos no Villarreal, tendo alguns problemas de lesões e desfalcado sua equipe em diversas partidas. Por isto, acabou sendo substituído na seleção por Javi Martínez. (Da ESPN)

9 comentários em “Brasileiro fora da lista final da Fúria

  1. Taí Ronaldinho Gaucho, o Marcos Senna é um exemplo a ser seguido, mesmo não sendo craque. Mais com toda certeza, reconheceu a sua não convocação e agradeu ao atual treinador da Fúria.

    Seja mais humilde gaucho. Você quer ir em 2014, mais com certeza amigo, você estará com 34 anos isso e quase impossivel de acontecer.

    1. André, foi uma bela declaração do Marcos Senna, provando que é educação e finesse não são artigos que se compra no supermercado. Deu um tapa sem mão em Del Bosque, que o limou da Fúria.

  2. UM ESTRANHO NO NINHO.

    Não me é simpático ver jogador de outra nacionalidade defender um país que não é seu berço de fato. Isso graças a Deus não aconteceu no Brasil e nem acontecerá, acredito, por termos boa safra, sempre.

    1. Sim Berlli, isso com toda certeza nunca ira acontecer, devido o Brasil ter um bom celeiro de jogadores, mais em compensação os técnicos, te contar! Raras são asexceções.

      1. Mas temos bons avaliadores de técnico, como exemplo, o nosso amigo Cláudio. Pena que ele não dá uma forcinha para os de casa.

    2. UM ESTRANHO NO NINHO.

      Não me é simpático ver jogador de outra nacionalidade defender um país que não é seu berço de fato.

      A TERRA QUE DEVEMOS AMAR É AQUELA QUE NOS ABRE OS BRAÇOS, E NÃO AS QUE NOS FAZ BROTAR. POIS, SÓ NASCER NÃO VALE APENA. JÁ, O CULTIVO, ESSE SIM, NOS TORNA MELHOR!!!

  3. Na verdade, os grandes técnicos estão nos grandes clubes, só vão para as seleções os homens de confiança (que raramente são os melhores) dos mandatários das federações.

  4. Se fosseo Dunga, levaria: e volante e ja era da “familia”. Como o tecnico espanhol e burro e o jogador esta em ma fase, foi convocado o jogador que esta em melhores condicoes. Por isso afirmo: Argentina e Espanha sao os favoritos e nos corremos por fora (se o Kaka jogar, se o J. Batista for bem, se o J Cesar nao falhar, se o Ganso for pra Copa, se a defesa e o meio campo forem bem, se a dupla de ataque funcionar etc.).

Deixe uma resposta