Vitória e aplausos no adeus de Leonardo

Ronaldinho foi a estrela da vitória do Milan contra o Juventus por 3 a 0 neste sábado. O craque brasileiro anotou dois belos gols no clássico, que marcou várias despedidas. O técnico Leonardo, o goleiro Dida e o zagueiro Favalli fizeram seus últimos jogos pelo rubro-negro. O resultado não mudou a posição do Milan, que encerrou o Italiano na terceira posição, com 70 pontos e uma vaga na Liga dos Campeões.

Neste domingo, será conhecido o campeão nacional. O Inter de Milão encara o Siena, fora de casa, e só precisa de um triunfo simples para ser pentacampeão. Já o Roma, que encara o Chievo, em Verona, tem de vencer e torcer por um tropeço do líder.

Apesar de estar fora da luta pelo título, a torcida do Milan não culpou o técnico pela campanha. Os torcedores gritaram o nome do técnico por várias vezes, antes, durante e após o final do jogo. O presidente do clube, Silvio Berlusconi, por sua vez, foi o principal alvo dos protestos das arquibancadas.

O Milan não encontrou dificuldades para chegar a sua vitória. Logo aos 14 minutos, Seedorf lançou Antonini, que tocou na saída de Buffon e abriu o placar. Aos 28, Ronaldinho roubou a bola de Chiellini, tabelou com Pato e marcou o segundo.Na etapa final, o camisa 80 fez mais um ao dar belo chute no canto, sem chances para o goleiro Manninger, que entrou no intervalo. Substituído aos 25 minutos da etapa final, Ronaldinho Gaúcho, que está na lista de espera da seleção brasileira para Copa do Mundo, foi aplaudido de pé. Antes de ir para o banco, deu um abraço forte e demorado em Leonardo. (Do GloboEsporte.com)

8 comentários em “Vitória e aplausos no adeus de Leonardo

  1. Só espero que ele não venha enganar por aqui, em Remo e Paysandu. Te dizer.

    1. Egua Cláudio, nem o Leonardo escapa de suas criticas. Eu começo a achar que seu problema e com a geração flamenguista em que tinha no grupo Leonardo e Charles Guerreiro!

  2. Lá o torcedor não faz do futebol uma válvula de escape. Vão ver espetáculo. Ganhar ou perder, tanto faz. Primeiro mundo.

  3. O Amor está no ar”
    “Vagner Trancinhas marca pro Framengo, 1 a 0… e recebe chamegos de Adriano. Cenas de ternura entre o casal”

  4. Desculpem-me, mas ganhar (hoje) da ” velha senhora ” não é motivo para todo esse jubilo. Mas, envolvendo brasileiros (técnico e jogador) o feito ganha destaque.

  5. Pra quem se tornou profissional do pagode e ex-jogador de futebol, o fato e notavel. E ainda esta entre os 30. Bom para um ex-atleta, nao?

Deixe uma resposta