Um Re-Pa na semifinal do returno

Depois da rodada final desta tarde de sábado, estão definidos os cruzamentos das semifinais da Taça Estado do Pará, segundo turno do campeonato Paraense. O destaque é o clássico Re-Pa numa das semifinais. O outro duelo será Águia x Cametá. A Federação Paraense de Futebol (FPF) ainda não definiu as datas e horários das semifinais, disputadas em jogo único. A princípio, os dois jogos devem ocorrer no próximo domingo, às 16h. O Re-Pa será no Mangueirão e o outro jogo em Marabá. No confronto do estádio Zinho Oliveira, um empate de 1 a 1 entre Águia e Remo, garantindo a equipe marabaense em primeiro lugar e os azulinos em segundo . Wando abriu o placar aos 27 do primeiro tempo e Landu empatou aos 19 do segundo. 

Na Curuzu, o Paissandu se classificou sem atropelos. Derrotou o S. Raimundo por 3 a 0 e garantiu o terceiro lugar na tabela, enquanto os santarenos deram adeus à competição. Tiago Potiguar aos 15 minutos da etapa inicial, Bruno Rangel aos 32 do primeiro tempo e Moisés, de pênalti, aos 27 do segundo, foram os goleadores da partida. O último semifinalista é o Cametá, que goleou o Ananindeua por 4 a 0, no Parque do Bacurau, em Cametá. Com isso, o Mapará classificou-se na quarta posição, com 13 pontos, mesma pontuação do Paissandu, mas quatro gols a menos de saldo – 9 a 5. Paulinho Pitbull, Jailson, Paulo de Tárcio e Leandrão marcaram para o Cametá.

Na partida que serviu para cumprimento de tabela, Santa Rosa e Independente empataram, por 1 a 1, no estádio Baenão, em Belém. Marçal marcou para o Independente aos 13 minutos do primeiro tempo e Rafael Pimpão empatou aos 10 do segundo. O Santa ficou na lanterna do campeonato, enquanto o Independente ficou na sexta posição do returno. (Com informações de Adilson Brasil e do Bola – Fotos: MÁRIO QUADROS/Bola) 

39 comentários em “Um Re-Pa na semifinal do returno

  1. A questão da maior torcida e a sequencia final do parazinho já são assuntos absolutamente definidos. O Águia vence o Cametá e, por óbvio, o Paysandu decidirá com o time de Marabá a final do 2º turno. Como no fluminence (onde deu Bota direto) não haverá necessidade de novos confrontos – e mais desgastes. Agora, tudo está consumado! É só pensar, a partir de hoje, em como chegar na Série B de 2011.

  2. O Paysandu cumpriu o seu papel, mas, da mesma forma que falei sobre a postura do São Raimundo contra o Remo, repito de novo.

    Decididamente, o mundico não é mais o mesmo. A diretoria santarena tem que fazer um trabalho profundo se quiser retomar aquele espírito de clube vitorioso que o Sao Raimundo teve no ano passado.

    O Paysandu soube se aproveitar bem dessa situação e fez o placar que, com certeza, tinha tudo para ser bem mais elástico.

    O problema é que o Moisés deixou claro que quer ser artilheiro do campeonato, por conta disso, foi fominha em alguns lances, prejudicando o ataque.

    A comissão técnica terá que conversar com o garoto porque isso pode atrapalhar o time como aconteceu hoje.

    No mais,

    AVANTE, PAPÃO!!!

  3. Gostei do jogo do Remo hoje, foi um jogo bastante movimentado onde as duas equipes procuraram a todo instante a vitória, o Aguia mais ainda pelo fato de jogar em casa e por ter a torcida a seu favor, o Remo ainda pecou com seus Laterais porém evolui muito no setor de marcação com a entrada do San na zaga e Didão com volonte já é possível perceber uma certa segurança na zaga e um certo equilibrio uma vez que Raul também está muito bem nas ultimas partidas, ao meu ver o Giba precisa fazer uma mudança para o proximo jogo no setor de meio campo tirando o Otacilio e lançando Gian que com apenas um toque na bola deixou Didão livre para chutar, esse jogador(o principe) faz a diferença é um mestre, no mais deixaria o Marlon pois já cumpriu a suspensão e está livre para jogar tbm, fiz um balanço do jogo:

    ATUAÇÕES:

    Adriano- Paredão como sempre
    Levy – Foi mal hoje, Aldivan ganhou todas
    Raul – Não comprometeu (È a melhor zaga do Remo no momento)
    San – Raçudo como sempre
    Diego A. – Gostei foi bem (Mais o Marlon vive um bom momento)
    Danilo – O Mesmo de sempre (bom marcador, fraco no passe)
    Didão – Òtimo com a bola nos pés, faltou um pouco na marcação.
    Otacilio – Nem de longe lembra o craque de 2006, concerteza colocaria o Gian em seu lugar.
    Samir – Muito bom jogador é bastante ofensivo.
    Landu – Como sempre raçudo, não tem medo, vai pra cima.
    Marciano -Hoje perdeu dois gols q não costuma perder. Mais joga muito, fica Marciano!

    Velber – Pode jogar melhor.
    Gian – Lindo passe, tem q ser titular.
    Heliton – Ainda precisa aprender muito.

    Saudações Azulinas

      1. Para certas figuras bicoletes não tem corretor ortográfico que resolva. É pura burrice.

    1. Apresento, com atraso, minhas escusas pelo tosco, absurdo e imperdoável erro ortográfico – tudo em função de meu convívio com os “intelectuais” remistas (aí não tem corretor que dê jeito mesmo). Em tempo a correção: campeonato fluminense! E não carioca com escrevem alguns torcedores “inexistentes”.

  4. No Papão, quem destoou de novo foi aquele garibaldo, digo, Edinaldo.

    Na defesa é uma tristeza, no ataque parece que nunca teve treino de fundamentos simples como passe e lançamentos. Uó!

    Por mim Zeziel é o titular no lugar de Álvaro.

  5. Assino embaixo, caro Diogo e verdade ele e muito fraco da defesa e no apoio que era seu forte, hoje não e a mesma coisa. Zeziel na vaga dele, caso Alvaro não possa jogar.
    Engraçado uma coisa. o secador Ruy Guimarães. Comentou após o jogo sobre o Thiago Potiguar e o Moises, dizendo que os mesmos são individualistas, ai o Thiago tratou e ilustra que o criticado Charles Guerreiro diz a eles, para partirem para cima dos zagueiros se prevalecendo de suas carcteristicas que são a abilidade e velocidade.
    Vejo que muitos de nosso comentariastas esportivos, não são adeptos de assistir um futebol alegre e bonito como esses dois jogadores que citei praticam, acho que gostam de ver jogadores, penas de paú, que a meu ver e para sentar as criticas encima dos caras, mais quando as coisas estão indo bem, procuram algo de errado mesmo onde está dando certo.
    Pergunta que não quer calar. Será que nossa tão profissional e competente imprensa paraense, está a favor ou contra nossos clubes, no meu ponto de vista e contra, já tem um histórico bem negativo a esse respeito.

  6. Proximo sabado, que se cuide o remorto, o paysandu adora jogar contra o adversario com a vanjagem a seu favor e ainda mais se achando. Lembram do primeiro turno 4×2, quando o reminho tinha a vantagem. Cuidado Caxiado, com suas palavras mentirosas de um sofredor deseperado, poís quero ver seus comentários, após jogo, ou melhor pós derrota de seu timinho azulino, quando você começa a falar com voz, de ressaca, e de choro, igualzinho aos sofrenomenos.

  7. Ficou explícito que o Águia evitou o papa títulos e o empate satisfez. A leoa, por hora, não tinha muito o que escolher, porque para onde correr o bicho pega.

  8. Resta saber se o Giba vai reforçar o ferrolho para encarrar o papa títulos. Certamente não vai joga de igual para igual senão a péia será feia. Podem esperar aquele visual de um jogo de um grande contra time pequeno.

  9. O Papão vai detonar,sem susto!!!

    A torcida do verdadeiramente mais querido do norte e mais conhecido time de toda a região norte no Brasil está convidada a se fazer presente no próximo sábado no mangueirão.
    Vai rolar a festa de novo!!!!!

  10. Pode anotar, como diz o sumido Bentinho, a final do segundo turno será Papão x Cametá. E ai leoazinha, como ficarás? Serás PAPÃO desde pequininha?

    1. Fernandes, vai ser com diarréia, mas terão que torcer contra o Cametá, assim me expreso para ser mais gentil.

  11. O Berlli fala como se o Remo fosse jogar contra um timaço, acorda BAMBI LISTRADO quem é o maior freguês do Leão? quem, quem, quem, adivinha faz um esforço? e quanto foi o ultimo Re x play 11 contra 11?? Freguês do Leão tem que ficar “calada”, qdo o papa peia do Leão tiver vantagem nos Re x play ai sim o torcedor da loba pode falar alguma coisa, mas por enquanto “calada”.

  12. Quem iludiu com essa de maior torcida, ontem o Bola tratou de mostrar a verdade com fatos concretos, qual é a maior torcida FENÔMENO AZUL….hauhau

  13. Voces precisame e devem acreditar nestas celeumas, é o que resta para reanimação, porque titulos e competições é só para nós bicolores.

  14. Este embate entre Cametá e Águia vai ser de agitar nervos trépidos dos sangues azuis. Não é facíl ver o Mapará nadando com fome sem poder pescar, ainda mais assustado com o bicho papão. Dá dó.

  15. Quem sabe faz a hora, não esperar acontecer. Por isso que a leoa até hoje está esperando o sino da igreja tocar para abrir uma brecha para a série D. Lembro que ano passado AK queria que Ricardo Teixeira ampliasse a competição com mais 4 vagas só para a leoa não ficar vagando, mas recebeu um nitrido NÃO.

  16. Mesmo contra a corrente o Mapará continua fazendo sombra para a leoa. Uma assombração independente, já que agora é matar ou morrer.

  17. Esse é o perigo, a necessidade de renda, o que só ocorreria com mais dois clássicos, mas do que adiantaria, ano passado o Paysandu fez corpo mole na semifinal, e o remo acabou sendo derrotado pelo São Raimundo, estragando o plano da dupla rexpa, acredito que se a mesma sacanagem role esse ano, o final pode ser o mesmo com o Cametá campeão do turno e o remo sem série novamente. Outra questão a ser levantada é a seguinte: não foi o cametá a equipe convidada para disputar o campeonato com a desistência de uma outra equipe? isso ainda vai dar m…

    1. E como pode, considerando que AK não leva em consideração os méritos de outrém. Alias é feitio dos enlutados. Lembram do RR e aquele cheque de R$ 16.000,00? As tramoias contra o São Raimundo ano passado?

  18. O Campeão dos Campeões já provou que gosta de reverter vantagens, principalmente contra o rival encardido.

  19. Hoje assistirei os comentarios dos secadores no bola na torre, como Tomazão, Rui Guimarães, este o mais secador de todos. Mas não ira adiantar o paysandu entrara para despachar a zebra vestida de leoa, no proximo sabado.

  20. Penso que nenhum dos dois lados pode cantar vantagem antes do tempo.

    Paysandu e remo são times inconstantes. Cada um tem seu lado bom, que é o meio campo e ataque, e o lado ruim que a marcação falha.

    O remo tem uma grande vantagem com o empate. Esse é o preço que o Paysandu paga pela derrota em Cametá.

Deixe uma resposta