Serra e as privatizações – a foto proibida

Por Rodrigo Vianna

Recebo, do leitor Giovani, uma foto que José Serra não gostará de ver exibida durante a campanha eleitoral: o então ministro do Planejamento (!) de FHC aparece durante o leilão de uma companhia elétrica, a Escelsa. A legenda, no canto à direita, informa: “a privatização do setor tinha, então, início oficial”. Isso foi em 1995. A “privatização do setor” – os brasileiros não esquecem – conduziria o Brasil ao apagão, no glorioso segundo mandato de FHC.

A foto – que está num livro sobre os 40 anos da Eletrosul – fazia parte do acervo da extinta Bolsa do Rio. Com a imagem, o leitor Giovani enviou-me singela legenda: Ele ficou bonito na foto né?  Isso é característico nas pessoas que trabalham naquilo que gostam”. Maldade do Giovani…

Serra nem pode ser apresentado como o campeão das privatizações entre os tucanos. Havia gente com muito mais disposição para vender tudo – inclusive Banco do Brasil e Petrobrax (como eles diziam) , se tivessem tido a oportunidade. Sobre a farra privatista, não há exagero nenhum em dizer que os tucanos queriam vender  Banco do Brasil; vejam aqui o que o Paulo Henrique Amorim publicou: documento de 1999 mostra que a privatização do BB estava em estudo dentro do governo FHC – http://www.conversaafiada.com.br/economia/2010/04/16/fhc-queria-vender-o-banco-do-brasil/.

Serra fez parte daquele governo. Era ministro de FHC, segurou o martelo com gosto, e apareceu na foto. A foto pegava bem naquela época, em que se dizia que o Estado era “o atraso”…. Época em que FHC prometia “enterrar a era Vargas”. Mas a foto pode assustar eleitores hoje, quando o Estado se mostrou fundamental para que  Brasil enfrentasse a crise de 2008.

Parte da base de apoio dos tucanos, especialmente na classe média, segue a acreditar que  “o Estado é atraso”. Serra terá que agradar essa gente, ao mesmo tempo em que precisa mostrar que não voltarão os tempos das privatizações a preço de banana, do desrespeito com o patrimônio público brasileiro. Será uma campanha de malabarista. Pra isso, Serra já escalou Jabor pra defender a privatização da Infraero, enquanto ele – o candidato – diz que “veja bem, eu não quero privatizar, posso só conceder uns aeroportos por aí” – http://www.rodrigovianna.com.br/radar-da-midia/jabor-entra-em-erupcao-e-assusta-flamenguista.

23 comentários em “Serra e as privatizações – a foto proibida

  1. Não vejos as privatizações como um mal ao país, vejamos a Vale, quanto arrecadava e quanto empregava, hoje é uma das maiores empresas do mundo, emprega milhares e paga impostos generosos ao governo, além de ter como acionista o próprio governo, telefone , como era e como é hoje?? Diferente de estatais, administradas por mera indicação política, com desvios já comprovados, com obras sempre superfaturadas.

    Curtir

  2. Também nãovejo mal nenhum nas privatizações. Ruim mesmo é essa burocracia tida como “normal” nos órgãos do governo, sem contar os motivos já citados anteriormente.

    Curtir

  3. Até prova universal em contrário, é dever do Estado cuidar da Saúde, Educação e Segurança. Já são problemas demais para quaqler administração,independente do credo político . A privatização pode ser tão deletéria quanto a estatização. As grandes empresas estatais brasileiras tornaram-se cabides de empregos. As reservas de mercado atrasaram nossa Pindorama. Mesmo não gostando, tenho de admitir dever a Fernando Collor a quebra desses grilhoes.
    Passei 6 meses esperando pela instalação de uma linha telefonica enquanto os funcionários da estatal ou para-estatal responsável ganhvam régios salários. Isso é um simples exemplo.
    Num passado, minha geração odiava a mais-valia. Hoje todos, corremos atras dela.

    Curtir

  4. O problema é pra onde foi o dinheiro, e o bolo maior da arrecadação da Vale vai para as vilhinhas cotistas americanas que gastam os seus dinheirinhos nos cruzeiros pelo mundo; quanto aos telefones a entrada de novas tecnologias era inevitável, com ou sem privatização, agora, certamente o serviço telefônico no Brasil é o pior possível e o mais caro do mundo. Sem falar dos milhares de brasileiros que ficaram desempregados e que morreram ou ainda estão na míngua, gente capacitadas, porém já com idade avançadas de modo que não poderiam competir no mercado. Este é um dos saldos das privatizações, e pergunta-se, em que setor houve melhoria no serviço.

    Curtir

  5. Telefone melhorou? Antes eu ia num posto da Telepara, hoje sou atendido por uma atendente de Fortaleza, que pergunta onde e Belem. A tecnologia mudou, por isso nao ha como comparar. A empresa mais demandada no Procon e a que hoje se chama Oi, teve que mudar de nome, devido aos problemas na justica e botou criancas na TV pra ver se arrebanha os otarios. No RS, os gauchos lamentam que a citada empresa comprou a Brasil Telecom. Vendemos a Celpa (os tucanos) por 30 anos prorrogaveis por mais 30. Bom nao? A grana da Vale poderia ser nossa. Petrobras e a proxima vitima e a gora com o pre-sal nem se fala. Sou a favor da privatizacao, desde que nao traga prejuizos ao pais.

    Curtir

  6. As privatizações eram apenas uma bandeira defendida pelos tucanos ou foram pressão do FMI para nos conceder empréstimos? O que vejo hoje, é que o país se dá ao luxo de escolher a melhor opção na compra de aviões de combates para reequipar a FAB, algo impossível anos atrás.

    Curtir

  7. Talvez, mas bom mesmo seria ela ter sido privatizada com o dinheiro dela e não do BNDES!

    Vejamos a venda, seu vaor de venda foi irrisório já queo “brilhante” e também sócio (que coincidência!!) daniel dantas, fez levantamento apenas dos ativos, e “esqueceu”de considerar 150 anos, eu disse CENTO E CIQUENTA ANOS DE EXPLORAÇÃO nas jazidas de carajás!
    Vejamos a telefonia Hoje o Grupo OIressati. Ops! Jeressati controla 80 da telefonia fixa comutada no Brasil. As alegações foram as privatizações que causarama melhora, mas na verdade foi a evolução tecnolócica que permitiu isso, já que que era humanamente impossível expandir sistema eletromecânicos (centrais gigantescas para poucos assinantes).Hoje, em um servidor com o da OI, que se assemelha ao do bradesco (também sócio), cabem todos os assinantes do Brasil! A privatição foi tão boa que a OI é a campeã mundial de reclamações de serviços!
    Alguns sócios da OI são estrangeiros que compraram ações, esses mesmos estrageiros são Estatais de países como a Alemanha (melhor sist de telecom do mundo) e não pensam em privatizar.

    A Celpa: Essa nem dá pra fazer comparações, basta atentar pra qualidade dos serviços.
    E o mais engraçado, falam de indicações políticas, mas o novo presidente da CELPA o Eng. Flávio Decat de Moura era do sistema Eletrobras, foi meu chefe, e é altamente competente. Ora! Como a Celpa contrata um ex-presidente de estatais??
    Aqui pelos corredores da Eletrobras Distribuição, já corre em boca pequena a compra da CELPA, já está sendo comprado Goiás, a CEMIG comprou a Light e a CEMAT e a COELCE são as próximas!
    Fui funcionário da CELPA durante 10 anos, e digo uma coisa: Aquilo é podre!
    Sou engenheiro de projeto e construções na Eletrobras, faço projetos de expansão do sistema elétrico (com a equipe é claro), orçamentos de Obras, gerencio algumas e afirmo tranquilamente: Não vejo superfaturamento algum! talvez exista, não nego, mas em empresas privadas é maior e mais fácil!
    Aí dizem: “Ora, mais o dinheiro é deles!”
    Mas pode ter certeza que repassam ao consumidor! Aí o dinheiro é nosso!

    Curtir

  8. O nosso “futuro” presidente, uma tremendo “vampiro”, que irá sugar tudo que o então atual presidente. Com o maior índice de aprovação da história brasileira com mais 80% de aceitação. Luís Inácio “Lula” da Silva, construiu para o povo isso tudo irá por aguá abaixo e voltaremos para merda, que nós encontrava-mos na epoca em que os tucanos governavam, o nosso País e nosso estado. O povo brasileiro tem o governo que merece, burrice não e erro. Porque errar e humano mais continuar no erro e burrice, e pra mim burrice e uma dadiva aos fracos e tolos, que se vendem por um prato de comida isso e muita humilhação.
    Sem mais palavras…..
    O meu unico orgulho nesse País, dos fracos e oprimidos e meu paysandu o resto e nada e a mesma coisa!!!!

    Curtir

  9. Por isso que não gosto do PSDB!
    Simlesmente não gostam do Brasil, são puxa sacos de americanos, e mesmo assim os gringos aos acham patético!

    Ninguém gosta de puxa-sacos!

    Curtir

  10. Bentinho! Talvez estejas confundindo o Serra com a Capitu! O Brasil pode mais sim! Porém, não com o grupo demotucano.
    O Alberto falou inúmeras coisas que podem ser aprofundadas (nesse espaço não dá).
    Apenas complemento: a corrupção começa mesmo no âmbito das empresas privadas, prestadoras de serviços ao estado.
    Uma hora vamos falar do “pagamento de impostos” por parte da Vale e as demais empresas privadas. Adianto apenas que empresa não paga imposto. O verdadeiro pagador de imposto é o consumidor -o valor está embutido no preço do produto que consome. Empresa é apenas centro de arrecadação do estado. Vamos acabar com esse lero-lero

    Curtir

  11. Tavernad! Não existe prova universal de nada. O estado deve exercer a função que seu povo definir. O problema no Brasil é o cinismo de sua elite. Mama no Estado é fala mal dele. O povão que devia ser beneficiado não o é. Mas, o pior é classe média baixa (que nem elite é) que se posta do lado desse cinismo descarado. Algumas estatais eram ineficiente por desejo e deliberação de que detinha o poder a elite dominante – os trabalhadores nunca foram dirigentes das estatais ineficientes.
    Hoje os trabalhadores estão mostrando como deve funcionar o estado – a serviço dos subalternos. 20 milhões (de 2003/2009) sairam da miséria absoluta.
    Lembrete: A CEF também estava na famigerada lista dos privateiro patrimonialistas.

    Curtir

  12. Não defendo causa própria, manifestação indisfarçada por alguns, na defesa de pontos de vista. Em princípio e por princípio só aceito o discurso político se ideológico , e como a política partidária brasileira é destituida , recuso-me valorar candidatos às eleições vindouras.
    Procuro não esquecer o que aprendi : ‘ os talentosos são discplicentes e os mediocres são obstinados ‘ .

    Curtir

  13. É Vicente, como disse certa vez o grande Tim Maia, o Brasil é o único país onde os cafetões têm ciúmes das prostitutas e onde pobre se faz crer partidário convicto da direita!

    Curtir

  14. Embora sendo partidário do voto não obrigatório e, no atual estado de coisas, do voto nulo – pois em que pese a popularidade do governo Lula e algumas diferenças detectadas entre o seu governo e os tenebrosos 8 anos tucanos -, não vou me isentar do debate: as privatizações, ao contrário do que se veiculava à época, não trouxeram benefícios aos país. Pelo contrário, gerou evasão de divisas, especulação desmedida, lucro acima de tudo e prestação de serviços abaixo da linha do aceitável. A justifica de que era preciso privatizar para não paralisar; de que as estatais eram cabides de emprego; de que eram nichos de corrupção e tráfico de influências; que andavam na contra-mão da “modernidade e do progresso veloz” trazido pelos ares do neoliberalismo se tornou uma grande farsa. Sou a favor da moralização do nosso patrimônio e da democratização do acesso ao mesmo e do que ele proporciona de dividendos ao seu povo, seu detentor por direito, o que não siginifica dizer que deve ser entregue. Os tucanos, com sua justificativa farsesca, queriam – e fizeram – “matar o boi para acabar com o carrapato”, mas não como desespero de causa, e sim como paradigma de administração, como projeto político na área econômica. Pergunto: qual a percentagem dos lucros de empresas como a Vale, por exemplo, investe ou reinveste na terra que lhe acolhe e sob o beneplático de isenções fiscais? Deve ser irrisório, o que significa o seguinte: praticamente não há contra-partida para o Estado e para o povo brasileiro. Privatizar não foi, não é e nunca será a melhor solução para a efetiva melhora e democratização do acesso a serviços essenciais como educação, transporte, saúde, segurança e que tais, direitos que são grantidos pela Carta Magna de 88 e que devem observar ao princípio de suas inviolabilidades. Aos que defendem o Estado mínimo, uma constatação: não há Estado desregulamentador sem a anuência do próprio Estado. Este é o paradoxo do Neoliberalismo que os tucanos, com seu semblante de “sofisticados”, teimam em defender, ocultando assim suas contradições.

    Curtir

  15. E Dilma, para dar continuidade as politicas que Lula estava fazendo, e aqui e Ana denovo para conclusão de suas obras e programas para as comunidades, que andam em execução por todos os municipios de nosso imenso estado do Pará…

    Curtir

  16. “…Passei 6 meses esperando pela instalação de uma linha telefonica enquanto os funcionários da estatal ou para-estatal responsável ganhvam régios salários. Isso é um simples exemplo….”

    Parabens Tavernard Neves !

    Hoje em dia os técnicos das prestadoras de serviço ganham salário mínimo, são trocados feito cuecas, não sabem se amanhã vão estar trabalhando, mas em compensação, tens o teu telefone instalado!!

    Deves estar feliz!! Afinal, agora as coisas estão corretas!

    Curtir

  17. “… só aceito o discurso político se ideológico…”

    Égua!! se isso não é defender causa própria, nada mais é!

    O Homem por sí só é individualista, dizer que pensa no coletivo antes de sí é hipocrisia!
    Só o caso de tu te encomodares com os salário dos funcionários da Telepará já faz a tua tese cair!

    ‘ os talentosos são discplicentes e os mediocres são obstinados ‘ .

    Ser obstinado é uma virtude que só os talentosos tem.
    O medíocre nem tenta…

    Curtir

  18. Sem FHC ter construidos as bases, Lula não teria erguido as estatuas. O que FHC fez foi certo e o resultado Lula mostrou, com a aceleração dos programas social criados por FHC e o desenvolvimento(não crescimento revolucionário) da economia!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s