Meia pernambucano é novo reforço bicolor

A diretoria do Paissandu garante que a nova barca de dispensas foi cancelada, mas reforços continuam a pousar na Curuzu. A bola da vez é o meia Nildo (foto ao lado), 34 anos, ex-Porto e Sport (PE), São Paulo, Fluminense e mais uns 10 clubes. Roger Aguillera acredita que o veterano armador é o camisa 10 que Barbieri estava pedindo.

Josenildo Caetano da Silva é natural de Caruaru (PE) e teve como último clube o Treze (PB). Se depender do currículo de títulos estaduais que tem na bagagem, o Paissandu está bem servido, pois Nildo foi campeão pernambucano em 1998, 1999, 2000 e 2003, além de campeão paulista pelo São Paulo em 2004. Deve amanhecer nesta sexta em Belém.

Sobre a contratação de Tiago Potiguar e Álvaro, que jogaram na última quarta-feira (24) pelo Potiguar (RN), ainda não foram apresentados oficialmente, mas continuam tidos como certos. Outro que está pronto para vestir a camisa alviceleste é o meia Fabrício, que está apto a reestrear pelo clube.

Era só o que faltava: Arruda está “ressentido”

“Ele hoje tem um gosto profundo de ressentimento. Ao mesmo tempo, se tiver um reconhecimento da Justiça que repare toda a dor que está passando, é algo que ele vai avaliar no momento adequado. Mas se tivesse de decidir hoje – pela análise que faço do que dele ouvi – ele não voltaria à vida pública”, disse o advogado Nélio Machado, da equipe de defesa do governador José Roberto Arruda (DF), preso pela Polícia Federal por formação de quadrilha e por atrapalhar as investigações sobre seus crimes. Segundo Machado, a preocupação maior do governador, no momento, é com o “restabelecimento de sua dignidade pessoal”.

Deixa eu entender direito: o Arrudão Panetone sente-se magoado, injustiçado e preocupado com dignidade? De fato, só podíamos estar no Brasiiiiillll…

Fim da misteriosa novela Diego Barros

Na novela Roque Santeiro, Regina Duarte interpretou a célebre Viúva Porcina, aquela que foi sem nunca ter sido. História mais ou menos parecida envolveu o zagueiro Diego Barros e o Paissandu nos últimos dias. O certo é que o retorno do ex-remista aos gramados, depois que se afastou por problemas cardíacos, esteve próximo de acontecer, e da maneira mais inusitada possível: contratado pelo Paissandu. Todo o mistério da negociação foi esclarecido pelo próprio jogador, por telefone, à reportagem do caderno Bola.

Diego disse ter sido realmente procurado pelo colaborador Roger Aguillera para voltar a Belém. “Conversei com o Roger na terça-feira (23) e a gente acertou, só que eu pedi um prazo até quinta (25) para resolver problemas da minha escolhinha de futebol. Mas, de lá para cá muita coisa passou pela minha cabeça e vi que é uma decisão errada”, avalia Diego, que explica ainda ter uma ligação muito forte com o Remo, clube em que acredita ter pessoas que gostem dele.

“Eu me vi na base da emoção. Não vou ter coragem de fazer isso, mas quem me abriu as portas nesse momento em que eu mais preciso foi o Paissandu”, reconhece, sem esconder a mágoa com os azulinos. Apesar disso, garante que – antes que surjam comentários de que o convite foi um factóide para forçar uma volta ao Baenão – não toparia retornar nem para o antigo clube. Confirmou ainda que os últimos exames realizados não acusaram mais arritmias.

Curiosamente, a negociação entre Aguillera e o zagueiro chegou a ser desmentida na quarta-feira pelo diretor Antonio Cláudio Louro, dizendo que já ha havia zagueiro demais na Curuzu e que “estão querendo tumultuar as coisas no Paissandu”. Na verdade, o dirigente tentava escapar da pressão da torcida bicolor, revoltada com a possibilidade de Diego Barros vestir a camisa alviceleste. Os torcedores pretendiam até fazer um protesto formal na Curuzu, na base do “fora Diego”, alegando que o atleta tinha a imagem muito associada ao maior rival. (Com informações do Bola e da Rádio Clube)

Pulada de cerca desfalca seleção da Inglaterra

A pulada de cerca do ex-capitão John Terry, jogador do Chelsea e da seleção inglesa, continua causando estragos no futebol britânico. O caso extraconjugal do zagueiro com a ex-mulher do lateral Wayne Bridge, do Manchester City, teve desdobramentos nesta quinta-feira. Chateado com a situação, Bridge anunciou que não vai defender a equipe no amistoso com o Egito, na próxima semana, e que desistiu de participar da Copa de 2010, na África do Sul. Em nota divulgada por seus advogados, Bridge disse que sua presença no grupo poderá comprometer o rendimento da equipe. Com a lesão no tornozelo de Ashley Cole, Bridge, 29, seria a primeira opção do técnico Fabio Capello para a formação titular. 

Bridge é ex-marido da modelo francesa Vanessa Perroncel, que, segundo os tablóides ingleses, teve um caso com o zagueiro John Terry, ex-companheiro do lateral no Chelsea e um de seus melhores amigos no clube nos tempos em que atuaram juntos. Segundo a imprensa britânica, Bridge está emocionalmente abalado com a divulgação do caso entre a mãe de seu filho de três anos e o zagueiro. A relação extraconjugal de Terry com a ex-mulher de Bridge fez o defensor do Chelsea perder a braçadeira de capitão da seleção inglesa, em decisão do técnico da equipe, o italiano Fabio Capello. (Com informações da Folha SP, Ag. Efe)

Donde se conclui, diante do fato em tela, que uma chifrada realmente pode causar muitos danos.

Rato mais rápido do México vai ganhar filme

Ligeirinho, o popular personagem dos desenhos animados, conhecido como o rato mais rápido do México, terá seu próprio filme e ganhará a voz de George López, informou hoje a revista “The Hollywood Reporter”. O famoso roedor será levado ao cinema pela produtora New Line, que encarregou o roteiro a Alec Sokolow e Joel Cohen, que já produziram o filme de “Garfield” (2004). George López fará a produção do filme por meio de sua companhia George López Presents, em colaboração com Jerry Weintraub, produtor de “Onze Homens e um Segredo”. Ligeirinho (Speedy Gonzalez) ganhou fama graças ao curta-metragem rodado em 1955 por Friz Freleng e Hawley Pratt sobre o pequeno herói, cujo maior inimigo era um gato. Esse trabalho, no qual Ligeirinho dizia pela primeira vez suas expressões mais famosas (“Ándale!, Ándale!, Arriba!, Arriba!”), ganhou o Oscar de melhor curta encorajado. Pat Boone escreveu uma canção sobre o ratinho em 1962.

Em algumas ocasiões, há quem considere Ligeirinho a representação de um estereótipo ofensivo dos mexicanos, além de ser um mau exemplo para as crianças porque seus amigos fumam e bebem. Também é critica a possível alusão à sociedade americana na figura do gato, a quem Ligeirinho chama “estúpido gato gringo”. Na série, Ligeirinho, mais astuto e inteligente, sempre vence os combates com o felino. Essas razões levaram o canal Cartoon Network, sempre ligado nos valores ianques, a retirar a série da TV em 2002. Para evitar que isto ocorra novamente, a New Line planeja atualizar os personagens e dar uma amaciada nas falas de Ligeirinho, “além de um toque moderno”, marca da casa de George López. (Da Folha de SP)

Campanha de Serra começa pela internet

Da Folhaonline

Embora a candidatura de José Serra ainda não tenha sido formalizada, a estrutura de pré-campanha que o PSDB está montando tem a cara e a chancela, em todas as áreas, do governador de São Paulo. Sem uma militância organizada e engajada como a do PT, o PSDB aposta numa estratégia de comunicação on-line – a cargo da Loops Mobilização Social – e já convidou um especialista em marketing digital para a coordenação das ações dos tucanos na internet.

Os dois foram avalizados por Serra. Além do desafio de mobilização de militantes para um partido nascido da vida parlamentar, a Loops se dedicará à captação de doações e ao monitoramento de informações divulgadas na internet, com especial atenção na conversação no ambiente das redes sociais. Recém-criada por quatro jovens empresários – entre eles, Arnon de Mello, filho do senador Fernando Collor -, a Loops vai atuar sob a coordenação do empresário Sérgio Caruso, da agência Sinc. Em seu portfolio, a Sinc inclui LG, Citröen e Unibanco entre seus clientes de campanhas realizadas na rede.

Um novo jeito de festejar vitórias

Nunca uma comemoração causou tanta polêmica no futebol mexicano. Leah Spencer foi visitar o noivo no México e aproveitou para assistir à uma partida do seu Monterrey contra o Cruz Azul pelo campeonato local. Em meio aos festejos pela vitória por 2 a 0, Leah sem nem se importar com a presença do noivo tratou de levantar a blusa e mostrar os seios para delírio da torcida no estádio. E não foi apenas uma vez: empolgada, tirou a camisa várias vezes para deleite dos presentes.

Por causa do episódio, Leah ficou conhecida na internet como a “loira do TEC”, nome do estádio do Monterrey. A fama, porém, trouxe consequências. Retirada pela polícia do estádio, a americana foi multada em 500 pesos mexicanos e proibida pelo presidente do clube,  Jorge Urdiales, de voltar ao estádio. Duas semanas depois, ela ainda tentou entrar com o noivo para ver o jogo contra o Tigres (2 a 1 Monterrey), mas logo foi cercada por policiais e desistiu de entrar. Leah tem 30 anos e mora em Houston, nos Estados Unidos, onde trabalha como cirurgiã assistente. (Do blog Planeta que Rola)