Continua o suspense em torno do Re-Pa

O Re-Pa de domingo continua sob suspense. Apesar de oficialmente confirmado, até este momento, há ainda a possibilidade de uma decisão do TJE cassando a liminar concedida na quinta-feira pela juíza Sandra Aragão Klautau. No começo da tarde, a promotora de justiça do Ministério Público do Estado, Helena Muniz, interpôs um recurso junto ao tribunal, pedindo a cassação da liminar, mas não obteve acolhida. A juíza da 3ª Vara da Fazenda, Rosileide Filomeno, titular do processo, negou ao MPE o pedido de reconsideração da decisão e manteve a liminar.

Acontece que a promotora Helena Muniz já deu entrada de nova contestação da liminar no TJE, com outros argumentos contra a liberação do estádio Edgar Proença para o confronto entre Remo e Paissandu. Até às 19h, o tribunal não havia se manifestado, mas uma decisão é aguardada ainda para esta noite.

Vale dizer que a FPF já contabiliza a venda de mais de 3 mil ingressos para o clássico. Em caso de suspensão da partida, os ingressos adquiridos pelos torcedores estarão valendo para a data em que o jogo for realizado.  

10 comentários em “Continua o suspense em torno do Re-Pa

  1. Gerson, já olhei em tudo quanto é site e, só li sobre a ratificação do RE X PA para domingo, espero que assim seja, para o bem do futebol Paraense.

    1. Cláudio,
      Há um segundo recurso do MPE, com outra redação e elencando outros motivos possivelmente, que está sob análise do TJE. Daí o post indicando o suspense quanto ao jogo. Para você ter uma ideia, aqui na redação do DIÁRIO está tudo parado em relação à edição de domingo, à espera de uma definição.

  2. Não duvido não Gerson e, acredito no que vc postou, só que seria um desrespeito para com o torcedor, principalmente aquele que saiu, hoje, de casa para conseguir sua gratuidade a muito custo. Continuo otimista.

    1. Sem dúvida alguma, Cláudio. Um desrespeito sem limites. Como fazer futebol desse jeito? Como esperar grandes platéias com esse tipo de futrica jurídica atravancando as coisas? Acho que, como bem lembrou o Tavernard, está faltando bom senso a essa gente.

  3. Com todo respeito a promotora Helena Muniz mas será que ela nao esta se ocupando de mais em querer vetar o Mangueirao para este jogo….
    tantas outras irregularidades nesse nosso estado e ela so ve essa justo na semana do RE X PA…
    será que nao há Interesses por tras em querer Destruir o nosso Campeonato que vem ha alguns anos se arrastando em tantas decisoes absurdas..
    Sao Decisoes como essas que deixam o torcedor irritado mas por outro lado nunca desanimado..
    Vamos la mostrar mais uma vez a força do torcedor paraense…
    Abraço Gerson..

    1. Leão,
      A decisão da juíza para o recurso interposto pela promotora só será conhecida amanhã pela manhã. Significa que o jogo, mesmo que venha a acontecer, já levou o farelo em termos de arrecadação. As diretorias de Remo e Paissandu deveriam desistir da partida a esta altura, para evitar maiores prejuízos.

Deixe uma resposta