MPE veta Re-Pa no Mangueirão

O Re-Pa de domingo está temporariamente suspenso. Representantes do Ministério Público Estadual decidiram, em reunião realizada nesta terça-feira, vetar a realização da partida envolvendo as equipes de Paissandu e Remo, marcada para o estádio Edgar Proença. O jogo entre as duas equipes é o de número 12 do concurso 399 da loteca do Brasil e está marcado para o próximo domingo (7), válido pela quarta rodada do turno do Parazão. Segundo o Ministério Público, o veto ao estádio foi em virtude do não cumprimento do TAC (Termo de Ajuste de Conduta). Segundo informações do MPE, o Mangueirão ainda precisará passar por uma série de adequações nos mais variados setores, justificando o cancelamento da partida. A data agendada para realização do clássico passa a ser 7 de março.

28 comentários em “MPE veta Re-Pa no Mangueirão

  1. Fico a imaginar pra que servirão Baenão e Curuzu, daqui a alguns anos. Arena do Leão, Urgente.

    1. Pô, Cláudio… já imaginou a galera se deslocando para Benfica, Tenoné, Icoaraci ou Marituba? Ou, ainda, Alça Viária? A opção natural e lógica ainda é valorizar as praças atuais do centro da cidade, que, desde que bem administradas, podem trazer bons recursos aos clubes. Bem, pelo menos o Paissandu tem projeto nesse sentido – e acho que vai marcar um golaço, em todos os sentidos.

  2. Eita campeonato avacalhado!! Ainda vai dar muito o que falar essa situação do Cametá, mas aguardem, que serão cenas dos próximos capítulos!!

    1. Diogo,
      É a velha lei de Murphy: o que já é ruim sempre pode ficar pior. Aí o LOP ainda vem reclamar da torcida… Os caras avacalham tudo, bagunçam o regulamento, fazem improvisações e querem que o torcedor acredite neles?

  3. Rapaz me lembro que quando o mangueirão era só uma banda cabia 50 mil 60 mil pessoas ali por que que agora com o mangueirão entre os mais modernos do Brasil vem essa frecura toda, o futebol do pará já tava uma m…. mas depois que começou esse tal de ministerio publico e tribunal de justiça do trabalho a avacalhar o negocio desandou, se não ajuda não atrapalha magistrados…

  4. A SEEL dá um show de administração no Mangueirão.
    Se o re x PA, que é o melhor produto futebolístico dessas bandas é tratado assim, imagine o resto…
    Não é querer ser chato, mas é esse pessoal que iria organizar a Copa 2014 aqui em Belém? A FIFA pode ser tudo menos tonta.

  5. Sei não, aí tem coisa.! Não querendo duvidar das nobres intenções do MPE, mas a decisão favorece em muito o PSC, no momento em que o Clube do remo era nitidamente favorito e ameaçava ganhar fácil. Agora o PSC ganha uma sobrevida. É, nos bastidores não tem para ninguém: só da papão! Tá adiada a revanche dos 7×0…

  6. Renato, vc tem razão: FRESCURA!

    Por mais rígidos que possamos ser em torno da segurança do nosso torcedor, é inconcebível ter que admitir esse adiamento.

    Gerson, antes eram só os jogadores e alguns dirigentes que gostavam de promoção com a ampla divulgação do futebol por aqui, agora temos promotores, desembargadores e juízes que querem bancar moralização sem bom senso pra poderem aparecerem um pouquinho.

    Adiamento por causa de canaleta e guarda-corpo? é brincadeira. Fazem 8 anos da reinauguração do Mangueirão, mesmo no período de pré-estréia, com obras, o estádio foi liberado para RE x PA, ou seja, é muita intransigência.

    Fora coveiros do nosso futebol.

  7. GERSON,quem tem um presidente de federação como esse daqui do para não precisa de inimigo,é um cara que não briga pelos nossos clubes,só fica esperando os 10% de cada jogo,agora bem feito para ele também,pois esse ganancioso ja estava de bolso aberto esperando a grana do re xpa.
    Remo e paissandu deveriam questionar esse poder de voto deles na eleição para federação e para o regulamento do parazão,pois times que não tem nem estadios tem peso maior que a dupla RE X PA,esplique essa matematica,gerson,se a fpf não muda-se essa regra,poderiam pedir para não mais disputar o parasão e se preparar melhor para o brasileiro,ai eu queria ver a madrata fpf fazer um interiozão ,só com times do interior sem os grandes.
    Ele, antonio carlos nunes,tem que respeitar os grandes do nosso futebol,poxa,já não bastava a CBF sacanear com nossos grandes ,ainda tem a FPF,assim não da.
    Tudo que esse cara quer é passear com a seleção na copa do mundo ,o resto que se exploda.

  8. Há quatro meses foi assinado o tal TAC e nesse período as obras não andaram como prometido. Portanto, os magistrados são o que menos têm culpa. Dirigentes do Mangueirão são os culpados, leia-se, Estado.

  9. So um time foi prejudicado com esse adiamento, o Remo, que estava muito a frente dos outros, tanto no aspecto físico quanto no conjunto. Agora as coisas serão niveladas e o título que parecia certo vai por água abaixo. Até a vaga na quarta divisão fica ameaçada, caso algum time pequeno consiga embalar. Te cuida, Remo, que te passaram a perna!

  10. Hum, quer dizer que se o Paysandu ganhar o remo no próximo clássico, a culpa é do ministério público? se o jogo for mantido e o Paysandu ganhar a culpa vai ser de quem?

  11. E todos perplexos, decepcionados. Da SEEL diziam-se que as providencias estavam sendo tomadas. O Remo revela-se prejudicado financeiramente e esportivamente. O Paissandu mostra prejuizo financeiro.
    A perdas alegadas pelo Amaro Klautau podem ser rubricadas de Lucros Cessantes que vale também para o Paysandu.
    Luiz Omar mostrava-se preocupado com o que poderá vir e ao mesmo tempo dizia que pelo menos o elenco está em dias (referia-se aos importados).
    Enquanto isso corria e ocorria o ex-zagueiro NAD hoje funcionário do clube encontrava-se ontem na Curuzú, dia do seu aniverário (5o anos) esperando receber alguma coisa dos 18 meses de salários atrasados. Por ilação acho que os jogadores locais tem creditos no clube. Já chega de tampar o sol com a peneira

  12. Gerson, então como vai ficar a nova tabela, pois a semifinal do 1º turno está marcada para acontecer antes desse REpa do dia 07/03?

  13. Que droga, a peia foi adiada!!!!

    Não adianta esse clube querer adiar o jogo, pois até lá, o Remo vai estar muito mais preparado do que este time que está agora!!!

    Só lamento pelo fato da renda que ia entrar no cofre dos 2 clubes este mês!!!!

  14. Achar que existe a teoria da conspiração para favorecer o Paysandu,só o fanatismo e a desinformação. Os prejudicados foram todos que direta ou indiretamente dependem financeiramente deste evento.

  15. Sérgio Henrique, quer dizer que o Remo não é mais o timaço apregoado até então pelos fanáticos torcedores porque adiaram o Re-Pa?

    Como assim?
    Vão desaprender a jogar?

  16. Ontem após o programa na RM recebí alguns telefonemas de ouvintes que tem opinião a respeito do interdito do Mangueirão. Ví pertinencia em umas e desinteligencia em outras.
    Mas sentí, em todas as opiniões , preocupação e desalento com futebol paraense.
    Quando o Mangueirão não era o que hoje é tivemos publico superior a 40 mil com imagens exibidas ao mundo. Tudo bem, é lei e que seja cumprida, mas, permitam-me a singela e respeitosa pergunta : Currais Novo e Jaguaré cumpriram com as exigencias da le i?
    É bom dizer que a CBF não tem nada com isso. O zêlo no caso, é puramente paraense

  17. Conspiração???!!! … Mal agradecidos, isso sim!Pois com o adiamento poderão ficar mais um mês invicto, 100% e etc. Depois do dia 07 de março, já era a alegria.

  18. Caro Diogo,
    Não tenho procuração para defender a governadora Ana Júlia, mas francamente, acho uma tremenda injustiça delegar a culpa pela bagunça no futebol paraense ao governo do estado. Serei mais enfático: Acredito que se não fosse o governo do estado, nem teríamos mais campeonato, tal o nível de incompetência dos dirigentes de clubes e daquele pilantra da federação, além da “pavulagem” desses procuradores que mal sairam das fraldas, se acham os donos da verdade e adoram um holofote.
    Usando o chavão do Lula: Nunca na história desse estado, um governo fez tanto pelos clubes.
    Como cidadão, você tem todo o direito de criticar o governo, mas como torcedor de futebol, considero injustiça.

  19. BOA TARDE GERSON! JÁ TENHO UMA OPINIÃO FORMADA COM RELAÇÃO A ESSE EMBROLHIO A CERCA DA REALIZAÇÃO DO RE X PA. PRÓXIMO AO RE X PA TEMOS OUTRO JOGO IMPORTANTÍSSIMO, O JOGO ENTRE SÃO RAIMUNDO E BOTAFOGO. E O QUE ISSO TEM A VER COM O PROBLEMA DO MANGUEIRÃO? BEM, ESCULTEI VÁRIAS ENTREVISTAS DO PRESIDENTE DA NOSSA FEDERAÇÃO DEFENDENDO A REALIZAÇÃO DO JOGO ENTRE OS ALVI-NEGROS EM SANTARÉM, POSTURA “INTERESSES” PARECIDA COM AQUELA EM QUE TIROU O REMO DA 4ª DIVISÃO DO CAMPEONATO BRASILEIRO ANO PASSADO E “PUXANDO” PARA TRÁS A REALIZAÇÃO DO RE X PA , OU SEJA, COM O MANGUEIRÃO INTERDITADO, ONDE MAIS PODE SER REALIZADO O CONFRONTO DA COPA DO BRASIL? É LÓGICO QUE O MESMO VAI SER NO BARBALHÃO. AINDA MAS DEPOIS QUE A DIRETORIA DO BOTAFOGO SE QUEIXOU DA DISTÂNCIA, E QUE PREFERIRIA QUE O JOGO FOSSE REALIZADO EM BELÉM, OU SEJA, NO MANGUEIRÃO. AGORA, DURMAM COM UM BARULHO DESSE, UM DOS MAIORES CLASSICOS DO BRASIL, POR QUE NÃO DIZER DO MUNDO, À MERCE DE ESTRATÉGIAS POLÍTICAS DA FEDERAÇÃO. É DURO, FAZER O QUE?

Deixe uma resposta