Edson Pelé estreia no Papão contra Santa Rosa

O meia Edson Pelé está cotado para estrear contra o Santa Rosa, na próxima segunda-feira, segundo compromisso do Paissandu no Parazão. Ele comporia o quadrado de meio-campo com Tácio, Zeziel e Sandro. Muçamba, lesionado, não joga. Já o atacante Enilton (ex-Palmeiras), que ainda não assinou contrato, só deve ser lançado no Re-Pa.

O técnico Luiz Carlos Barbieri reprovou nos testes os jogadores Bernardo, Admilson, Billy, Juba, Brayan e Leonardo, que serão liberados para outros times ou dispensados. Curiosamente, manteve Muçamba no elenco. Vou te contar…

12 comentários em “Edson Pelé estreia no Papão contra Santa Rosa

  1. Tal atitude, penso ser correta, agora querer, por um jogo já reprovar o Muçamba, aí vou te contar… . Depois ele arrebenta lá fora e vamos nos espantar com tal feito. O Barbieri falou, que ele jogou boa parte do jogo machucado, devido a uma pancada que levou, inclusive, hoje, encontra-se, ainda, no departamento médico bicolor. Vamos com calma gente.

  2. Eu já sabia que assim seria.
    Conta outra que essa é velha;
    Sempre sobra pro pessoal da casa;
    O treinador, porém, não está errado, ele não conhecia o plantel e foi informado pela diretoria que teria que trazer dois times, assim o fêz.
    A culpa é de diretoria, cabeça grande e mente pequena, sinal de subdesenvolvimento.
    É aquela velha história “só o de fora presta”.

  3. Gerson, estranho esse negócio do Enilton ainda não estar contratado, não é?

    E esse Pelé, joga pelo menos 5% do que o eterno Rei?

  4. Quer dizer, se Enilton for mal no classico, ta queimado, se for bem, sera idolo. Quanto aos dispensados, e por isso que eu acho que o bicola nao sera campeao, ja que o tecnico nao conhece o elenco e muito menos os adversarios. Vejam o que o Sinomar fez contra o fraco Ananindeua, encurralando o adversario. So nao sei se fara o mesmo no classico, deixando desguarnecido atras.

  5. Gerson, os “da casa” entra ano e sai ano são promessas.
    Você não acha que já era tempo deles virarem realidade?
    Não tenho nada contra niguém, mas os dois laterias, o Muçamba e o Tássio darão um banco razoável.
    Já pensaram se o Mael ainda estivesse por aqui?

    1. O Mael, jogou ontem, pelo Ameriquinha do Rio, no jogo contra o vasco, apesar de derrotado por 2×1, o parauara, continua eficiente no desarme e ligação com o ataque, lá ele está jogando com a camisa 7.
      Naquele time medíocre do America, ele se destaca bastante, mas, lá, é o futebol Carioca, vitrine para o mundo, se ele continuasse por aqui, seria posto em disponibilidade também, ou alguém duvida?.

  6. O Barbi, não iria trazer seus pupilos para deixá-los no banco. Evidentemente que os de casa seriam aqueles que pagariam o pato, e pagaram.
    Então, de difícil, passa a ser impossivel a revelação de novos valores no nosso futebol, né turma?
    É impressionante a cegueira dos “Dirigentes” tanto de um como de outro.

  7. Juro que não é implicância, mas com base nos últimos comentários estou quase convencido que o Cláudio é tão remista quanto o Diogo, o Dennis, o Acácio… rs.

  8. E, Sérgio, por favor, remista? nunca!
    Inclusive, tô torcendo para as previsoes do Claudio serem verdadeiras.
    Papão Campeão!!!
    Agora a minha angústia é que nos últimos 4 anos (acho), o Papão tem time muito superior (no papel – na teoria) que o remo. Mas não vem colocando essa superioridade dentro das 4 linhas.

  9. Hehe… Por saber que vocês três são tão bicolores, usei-os em comparação na brincadeira com o Cláudio. Eu acho que o Paissandu foi superior ao Remo não somente nos últimos 4 anos. Ele foi superior na última década e manteve a tradição de: década par é do Paissandu, década ímpar é do Remo. Conhece esta história?

Deixe uma resposta