Vasco descobre herança maldita de Eurico

Nelson Almeida, vice jurídico do Vasco, revelou em entrevista coletiva nesta sexta-feira balanço das ações legais movidas contra o clube carioca. Ao menos 60% delas datam do período em que o clube era presidido por Eurico Miranda. São ao todo 517 ações ativas.

O Vasco tem um débito a pagar de mais de R$ 28 milhões. As ações foram movidas por profissionais como Petkovic, Ramon, Junior Baiano, Pedrinho e até mesmo Leonardo Moura, jogador que Nelson Almeida não recordava ter jogado no clube da Colina. “Só o Edmundo tem duas ações. Uma de R$ 3 milhões e 100 mil e outra de R$ 7 milhões e 500 mil”, afirmou o dirigente.

O vice também leu um documento que comprova o recebimento de um valor que nunca entrou no clube. “O Vasco declara ter cedido o atestado liberatório do atleta Paulo Miranda ao Bordeaux, filiado à Federação Francesa”, revelou Almeida, que, após afirmar que o valor da venda do atleta foi de quase três milhões de dólares, completou a denúncia. (Da ESPN)

3 comentários em “Vasco descobre herança maldita de Eurico

  1. Gérson, e se como o caso do Vasco, outros clubes, inclusive os nossos, fizerem uma auditoria séria, veremos o quanto são nocivos esse tipo de dirigente: personalista, falso colaborador( coloca e tira,às vezes com juros), e ditador. Por isso é preciso profissionalizar a gestão dos clubes!

Deixe uma resposta