El Loco assume a camisa 13 do Botafogo

A sede de General Severiano encheu para receber El Loco Abreu. O atacante recebeu das mãos de Zagallo a camisa 13 que usará nos próximos dois anos em que defender o Botafogo. Apesar dos poucos sorrisos e da feição séria, ele não escondeu a felicidade pela repercussão de sua chegada, mas ao mesmo tempo lembrou que será apenas um dentro de um objetivo maior do Alvinegro.

“Independentemente do que acontecer a partir de agora, este momento será único, pois recebi essa camisa das mãos de um fenômeno, como o Zagallo. Agradeço a ele, à torcida e ao clube, por ter me escolhido para este projeto. Este é um clube glorioso, e mais importante do que o Abreu ser artilheiro, será ver o Botafogo campeão”, afirmou ele, falando devagar e ainda sem se arriscar no “portunhol”. 

Zagallo também comemorou a chegada de El Loco Abreu, com o qual criou uma rápida identificação por causa da predileção pela camisa 13. “Tenho certeza de que ele dará, no Botafogo, continuidade aos muitos gols que marcou pela seleção do Uruguai”, disse. Em seguida, Zagallo e Abreu se dirigiram à varanda da sede de General Severiano, onde foram festejados por quase 200 torcedores que vibraram com a chegada do novo ídolo e a presença do ídolo eterno. (Do G1)

Parece que o cabra está começando do jeito certo, com superstição e tudo, bem ao estilo botafoguense.

2 comentários em “El Loco assume a camisa 13 do Botafogo

  1. Um celeiro de loucos como o “artilheiro que não comemorava gols’: Quarentinha, o “driblador de joões”: Garrincha, “o possesso”: Amarildo, o “furacão”: Jairzinho e o genial “gilda”: Heleno de Freitas, tem essa vocacação mesmo e certamente se reecontrou com seus lunáticos.

Deixe uma resposta