Paissandu contrata mais três laterais

Depois de Parral, que já está treinando na Curuzu, o Paissandu anunciou a contratação de mais três laterais: os esquerdos Brida e Fabinho e o direito Marcus Vinícius. O trio deve chegar nesta terça-feira a Belém. Brida é catarinense de 25 anos e já passou por clubes como Sapucaiense (RS), São Caetano (SP) e Caxias (RS). Fabinho, 24 anos, estava no Criciúma (SC). O destaque de seu currículo é o título mundial pela seleção brasileira Sub-20 em 2004. Já Marcus Vinícius, que já jogou pela seleção Sub-17, Sub-20 e Sub-23, estava no Clube Atlético Sorocaba (SP). E os dirigentes confirmam o interesse no atacante Sílvio Mendes da Paixão Junior, o Mendes, baiano de 34 anos, que passou por clubes como Juventude (RS) e Vitória (BA). O detalhe é que sua contratação também é tentada pelo Remo. 

Detalhe: até o momento, o Paissandu já contratou 44 jogadores, desde a chegada do técnico anterior, Nazareno Silva, já substituído por Luiz Carlos Barbieri. (Com informações do Bola)

        

9 comentários em “Paissandu contrata mais três laterais

  1. Gerson, para o bem do Paysandu, temos que contar as contratações, feitas pelo Barbieri e, indicadas por ele(como mais essas 3 citadas). Pelo que vi ele falando na tv, parece que vai montar um time pra série C, que consequentemente, lhe dará o título do Parazão 2010 e acesso à série B. Do jeito que sempre pensei que o Remo deveria trabalhar. Parabéns ao Papão, por mais um título Paraense e o acesso a série B, quanto ao vice……

  2. PQP Gerson Nogueira e amigos do Blog;
    A história se repete, isso é um descalabro, por melhores que sejam os nomes e currículuns agora apresentados, nesta 2ª etapa, o final todos já conhecemos………, e os prata da casa continuam em disponibilidade, claro, o técnico não os conhece e não terá tempo de avaliá-los, agora são o Bernardo e o Sató, o bom goleiro Paulo Wanzeler também já está encostado, já perdemos Admilton, Billy, Rafael Vieira e outros promissores valores produzidos pela base.
    De tudo isso pergunto: Como cabe tanta incompetência, tanta arrogância em um ser humano chamado cartola?

  3. Melhor sozinho do que mal acompanhado Silas, nenhum dos citados acima tem condições de vestir a camisa do Paysandu e se encaixar num projeto vitorioso.

    O Bernardo é paparicado e foi um dos piores no Re x Pa, Sató é nanico, Billy ídem, Admilton é razoável e não precisamos desses, Rafael Vieira jogou 6 partidas com o Givanildo e não aproveitou, enfim….

    Todos, eu disse todos, os clubes do Brasil estão se reformulando nesse momento e o nosso problema é que não temos ninguém aqui, e faz-se necessário gastar (investir) um pouquinho.

    Mael, Aldivan e Dadá sim, são perdas sensíveis, mas como disse o LOP, os caras estão aí a 2 anos e já deram o q tinnha q dá.

    O futebol é feito de risco também, e é um lugar onde os frouxos, assim como os lisos não tem vez.

  4. Deus te ouça, Claudio, pra que esses jogadores que estão vindo deem o titulo do paraense e o acesso a serie B.
    Mas ainda continuo com o pé atrás.

  5. Só vejo um perigo ao Papão, Gil, o Cametá do Arthur. Aliás, veja a diferença, enquanto no Santa Rosa, contrataram o BIRONGA para o Mariozinho(quem manda ele pedir pra contratarem), o Arthur pediu e, o Cametá está trazendo, o BALÃO(ex- Papão). Notou a diferença de objetivos.

  6. Falam do Nazareno, mas o Barbiéri já trouxe 14 jogadores e caminha rapidamente para superar o antecessor. Sem falar no tempo exíguo que terá para montar o time. Rogério Corrêa já atuou no Atlético-PR, mas sabe qual foi o último clube dele? Joinville, da quarta divisão. Nada recomendável.

    O futebol do Pará está cheio desses “craques”, que já atuaram pelo Barcelona, Real Madri, Milan, mas cujo último clube foi o Brusque, o Flu de Feira, o Metropolitano. A mim não enganam… Se analisarmos friamente os elencos de Remo e Paysandu, veremos que são raros os que jogariam em um grande centro. São atletas que só jogam no Pará e ninguém quer mais.

    Gérson, gostaria que você aproveitasse a chegada do Sandro para falar do Sócio-Torcedor, que a meu ver está sendo distorcido no Pará, com a ressurreição de ex-craques (Sandro, Didi, Gian, Vélber) ou mesmo a fabricação de “craques” que ninguém quer (Mendes, disputado apenas pela dupla re-pa). Noto que o Inter, citado como modelo, não engana o torcedor com contratações desse tipo.

  7. Gil, os Jogadores do Remo, são indicados pelos “Diretores de Futebol”, Jogadores que eles ouvem falar na Imprensa, Na Internet…., e, os pouquíssimos indicados pelo fraquíssimo técnico Sinomar. No Papão não, todos são indicados pelo seu bom técnico Barbieri, que é quem vai treiná-los. Ora bolas, se sou eu quem vai montar o time, como vou mandar outra pessoa contratar? Confesso Gil, que tem jogadores que o Papão contratou, que nem conheço, mas aprovo, pelo fato de ter sido indicado por seu bom técnico. Aliás, só retificando o que lhe falei ontem, a respeito de que o Papão só poderia se preocupar com o Cametá, desculpe, mas o Águia, também. Os outros, inclusive o meu Remo(com esse técnico), serão apenas figurantes do Parazão. Anote.

Deixe uma resposta