5 comentários em “Previsão de meteorologia

  1. Caro Gerson Nogueira;
    Sócrates costumava discutir com seus discípulos utilizando exemplos comuns e prosaicos para tratar de elevados assuntos morais, espirituais e humanos. Foi assim que nasceu a filosofia. Jesus se valia de parábolas simples e cotidianas para explicar certos preceitos de conduta, respeito mútuo, amor e divindade. Foi assim que nasceu uma religião. Muitas vezes, enterramo-nos até a cabeça em temas profundos e complexos e nos perdemos neles, esquecendo que eles podem ser visualizados por meio de uma maneira mais simples ou mesmo simplória, embora não necessariamente reducionista. Alguns exemplos tirados do mundo real podem ajudar a entender alguns aspectos do Comando do BloG do Gerson Nogueira como uma arte. E como ele pode produzir resultados.
    Permitam-me fazer uso de aspectos de música erudita para isso. Toda sinfonia, por melhor que seja, necessita de uma orquestra inteira para tocá-la em sua plenitude, ou seja, é a totalidade da orquestra que dá o tom. Por sua vez, o maestro não emite sons, não toca absolutamente nenhum instrumento. O seu trabalho não é audível. Mas ele agrega um valor inestimável. Ele deve ensinar os músicos, explicar, comunicar, orientar, exercitar, ajudar a encontrar o desempenho ideal, inspirar, buscar a harmonia ideal, até chegar à perfeição. Mas o interessante é que o público aplaude o Maestro e não os integrantes da orquestra que tocaram a música. E quando termina a execução o Maestro apresenta ao público os principais expoentes da orquestra que, então, apresentam e enfatizam os demais colegas. Assim, o virtuosismo de tosos os músicos é plenamente reconhecido e premiado. E o trabalho em conjunto é reforçado continuamente. O Maestro é o condutor, o inspirador, o aglutinador, o impulsionador, o líder.
    Mas, mesmo que superficialmente percebe-se uma diferença de atribuições entre a Composição e a Orquestração. Enquanto a Composição define melodia, harmonia, acompanhamento e ritmo. A Orquestração define como a composição será tocada. Ela indica o papel dos vários instrumentos e a sua respectiva participação no conjunto. E a orquestração precisa ser desdobrada em partituras para cada instrumento. O Maestro fica com o diagrama da orquestração total. Agora, Maestro Gerson Nogueira, troque a orquestração pela sua postura estratégica no seu BloG ao longo deste ano que finda hoje. Isso talvez o faça entender melhor as razões pelas quais o seu BloG seja um sucesso.
    E por que o analogismo com a música? Simplesmente porque música é arte, mas também resultado. Uma arte criada especialmente para produzir resultado: encantar a alma do ouvinte. O mesmo ocorre com a sua postura diante de todos no BloG. Comandar um ambiente blogueiro também é arte e resultado. Uma arte para produzir um resultado desejado e esperado pelo público leitor.
    Gerson, não se esqueça: Resultado é a arte final da arte de comandar, liderar. Portanto, fica fácil inferir que 2010 será o ano de sucesso para o BloG do Gerson Nogueira, principalmente pela presença de pessoas inteligentes com os atuais. E a eles, o meu mais sincero votos de um 2010 esplêndido, no qual todos os seus sonhos serão realizados. Fiquem com Deus.

    Curtir

  2. Meu caro Gerson. Neste primeiro dia do ano (mesmo sem sair do mundo da bola) não seria impertinente a discussão do Futebol como forma de Arte.
    Contrariando muita gente, Bertoldo Brech afirmou ser o futebol ” a mais fecunda forma de arte do século XX”. Ele alcançava a catarse das arquibanxadas, o que não via na Arte avançada do teatro Teatro, a Arte sublime do grande Brech..
    Do poeta sôbre o rei
    ” O difícil, o extraordinário não é fazer mil goals, como Pelé. É fazer goal como Pelé”. (C.Drumon de Andrade).

    E para voce Gerson que admirou Ademir da Guia e admira João Cabral de Melo,.

    Ademir , impoe com seu jogo
    o ritmo do chumbo (e o peso),
    da lesma, da camara lenta
    do homem dentro do pesadelo.

    Ritmo líquido se infiltrando
    no adversário, grosso, de dentro,
    impondo-lhe o que êle deseja,
    mandandio nele, apodrecendo-o.

    Ritmo manso, de andar na areia,
    de agua doente de alagdos,
    entorpecendo e então atando
    o mais irriquite adversário.

    PS. Joao Cabral foi poeta,embaixador e centro-médio do Santa Cruz. Jogador dessa posição era o cérebro da equipe.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s