3 comentários em “Entre a tristeza e o orgulho

  1. Era visível a superioridade física dos catalães, por isso não tinha mesmo como los hermanos segurarem toda aquela pressão. Tal e qual o futebol brasieiro, o argentino padece daquele mal de esperar de um jogador já sem pernas que decida a partida. Era impossível do jeito que Veron se arrastava em campo.

    Curtir

  2. Como craque do ano, Messi deu sorte que Kaka se confundiu e Cristiano nao jogou muito. Na selecao de seu pais, pouco fez, mas em terra de cego…. por isso, osmargentinos se vangloriam. Quanto a derrota, ja esta se tornando uma rotina para os hermanos. O time bom deles e o de basquete. Mas nao me surpreenderi se eles forem campeos do mundo, ja que estao querendo contratar o Guus Hidink em substituicao ao Bilardo pra auxiliar o prototipo de Rivelino no comando da selecaoalvi-azul.

    Curtir

  3. Concordo com os 2 Jorges. O Barça sobrou no quesito preparo físico. E Jorge Santos, esse holandes faz mágica pra time médio ir longe, vide Holanda 98, Coréia 02, levou a Austrália pra 06 e foi bem com a Russia na Euro 08. É fera.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s