Chávez: se clima fosse banco já estaria salvo

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, afirmou em Copenhague que processos “injustos” da cúpula da ONU sobre mudança climática (COP-15) provocaram as críticas dos países em desenvolvimento, e que isso é um “reflexo da ditadura imperialista mundial”. Expressou sua solidariedade com os ativistas das ONG que ficaram fora do Bella Center, sede da conferência e repetiu um de seus lemas: “não mudeis o clima, mudai o sistema”. Defendeu que “só com o socialismo é possível salvar o planeta e obter justiça”. O presidente venezuelano afirmou que o capitalismo “é o caminho para o inferno e à destruição do mundo”.

O presidente venezuelano declarou que não ficará “de braços cruzados” enquanto o capitalismo acaba com o planeta e estimulou o combate a esse modelo econômico ou, caso contrário, o ser humano desaparecerá. Chávez denunciou que “os países ricos estão destruindo o planeta e afirmou que se o clima fosse um banco” os governos industrializados “já o teriam salvado”.

O presidente venezuelano destacou que 7% dos cidadãos do mundo geram a metade das emissões poluentes e sustentou que “não se pode pôr no mesmo nível” a China e os EUA, apesar de seus níveis de emissões serem similares, dado que o primeiro país tem uma população cinco vezes superior ao do segundo. (Do Folhaonline)

É meio maluco, mas diz algumas verdades. Esta sacada de comparar o clima aos bancos foi sensacional. Coisa de craque.

9 comentários em “Chávez: se clima fosse banco já estaria salvo

  1. Meio, Gerson? E a outra metade? So falta a camisa-de-forca. O Rei Juan Carlos nao estava la para proninciar a celebre frase? A frase e genial, diretamente proporcional a loucura; alias, muitos debeis, contraditoriamente, sao geniais.

    Curtir

  2. Gérson, ele deviria substituir o outro, o Bolaños, na série humorística da TV. Pena que não é mais gravada, mas tem o Zorra Total e o Show do Tom.

    Curtir

  3. É uma verdade que tanto pode como deve ser discutida, aliás, que não só descutir e sim levar a cabo ações que busuqem mitigar os efeitos maléficos ao ecossistema como um tudo.

    Curtir

  4. Chávez disse o óbvio! Talvez seja tratado como ‘louco” ou “palhaço” devido as ideologias reinantes terem armas poderosas (como certas revistas, certos jornais, certas empresas de comunicação). É um caudilho, só que extremamante verborrágico e bem à esquerda!

    Curtir

  5. Nesse específico ponto, concordo com Chavez. Outra coisa, não vejo objetividade nenhuma nesses encontros de líderes mundiais. Tudo que é acordado não sai do papel. Na verdade, trata-se sómente de “férias rápidas” dos dirigentes de cada País, com direito aos holofotes da grande mídia internacional. Um faz-de-conta, literalmente. Em 17.12.09, Marabá-PA.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s