Muriqui é anunciado como reforço do Galo

Deu no site da ESPN: “Mais uma vez via Twitter, Alexandre Kalil anunciou a contratação do meia Muriqui, um dos destaques do Avaí no último Campeonato Brasileiro. ‘Fechamos com o Muriqui’, disse o presidente do Atlético-MG. O jogador estava sendo especulado como reforço do Palmeiras para o próximo ano. Ele pertence à Traffic, parceira do clube alviverde. Muriqui tem 23 anos e passou por Madureira, Vasco, Paissandu e Iraty antes de chegar ao Avaí pela primeira vez, em 2007. Depois, jogou por Vitória e Ituano até retornar ao time catarinense”.

O futebol é realmente surpreendente. Do dia pra noite, Muriqui virou reforço para a Série A. A notícia, porém, tem algumas incorreções. Começa que Muriqui joga no ataque e, há pelo menos uns 10 anos, perambula pelo futebol brasileiro sem maior destaque, a começar pela sua atuação no Vasco. Passou em brancas nuvens pelo Paissandu há uns seis anos. Por tudo isso, se ele tem 23 anos minha avó é bicicleta. Calculo que deve ter, no mínimo, uns 30.

8 comentários em “Muriqui é anunciado como reforço do Galo

  1. Realmente, o Muriqui não tem 23 anos. Já teve, mas já faz tempo, agora caminha célere rumo aos 30.
    Mas joga bem, assim como o Borges, o Vinicius e muitos outros que passaram por aqui e foram injustiçados por avaliações precipitadas. Tanto que brilham em outras praças.

    Curtir

  2. Muriqui jogou aqui em 2006, ano da queda do Paysandu para a série C. Portanto, 3 anos atrás.
    Isso acontece. O jogador passa por aqui, joga bulhufas e aparece lá fora jogando muito.
    – Borges: Aqui matou. Bi-campeão brasileiro pelo São Paulo. Virtual reforço para o Grêmio em 2010.
    – Catanha: Vindo do União São João em 1995, teve passagem apagada pelo bicola. Foi para a Espanha, artilheiro do Campeonato Espanhol pelo Celta. Convocado para a Fúria.
    – Vinicius: jogou no Papão em 2004. O carioca foi artilheiro pelo Ceará, Fortaleza e outros clubes. Aqui, fez apenas 1 gol.
    O problema não é do jogador. O problema somos nós, o nosso pobre futebol paraense. Pobre, desamparado, mal administrado. Dirigentes larápios e falastrões. Federação parasita. E ainda coloco parte da culpa nos setoristas de Paysandu e Remo. Enganadores, vendedores de ilusão, puxa-saco dos cartolas…
    Depois de 2009 vi que que embarcamos numa viagem para o abismo. E só compramos a passagem de ida.

    Curtir

  3. Parabens, Matheus, brilhante comentario. Disse tudo. Aqui nao valorizaram nem o Giovani. Agora o perna de pau do Maciel vai jogar a serie A pelo Guarani.

    Curtir

  4. Assino em baixo Matheus Cunha, o Sandro Goiano antes de ser campeão pelo Grêmio e Sport foi taxado por aqui de Dinossauro e superado para o nosso “grande” futebol. Ele foi para o Grêmio com muita mágoa com as críticas injustas a ele direcionadas. E calou a boca de seus críticos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s