Coxa perde 30 mandos e é multado em R$ 610 mil

O mais aguardado julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) deste final de temporada aconteceu na noite desta terça-feira, com o Coritiba sofrendo a punição pelos tumultos após a partida diante do Fluminense, no Couto Pereira, que decretou o rebaixamento para a Série B do Brasileiro. O clube não poderá utilizar o estádio nas próximas 30 partidas em competições nacionais, além de pagar multas que somam R$ 610 mil. Ainda cabe recurso, que ficará para 2010.

A apreciação começou com o time carioca, que foi denunciado no artigo 215 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por ter se atrasado para entrar em campo. O clube tentou apresentar um vídeo para provar que a fumaça da torcida impediu a entrada dos jogadores, mas a parte apresentada antes de uma falha não mostrou o momento exato. O relator votou no sentido de multar o Tricolor em R$14 mil foi acompanhado pelos demais auditores.

A procuradoria deixou claro que a decisão seria baseada na falta de providências do clube para garantir a segurança no Alto da Glória. Com base nas mais de três horas de depoimentos e apresentação de provas, ficou determinada por unanimidade a pena máxima de perda de dez mandos e multa de R$ 200 mil para cada uma das três denúncias.

No artigo 211, ou seja, deixar de manter o local da realização do evento com infraestrutura necessária a assegurar plena garantia, a multa estipulada foi de R$ 10 mil. Já no artigo 233, deixar de cumprir obrigação legal por fato ligado ao desporto, o clube foi absolvido. O funcionário do Coxa e ex-chefe de torcida organizada, Osvaldo Dietrich, também foi julgado e pegou pena de 720 dias suspenso de suas funções. (Com informações da ESPN e iG Esporte)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s