Igreja Universal quer comprar o Baenão

Caiu mais um dos mistérios sobre o controvertido projeto de venda do estádio Evandro Almeida. O comprador, ainda não divulgado oficialmente, será mesmo a Igreja Universal, que já apresentou proposta e aguarda a decisão dos conselheiros do clube. No âmbito da igreja, já se comenta que no local onde fica hoje o estádio do Remo será erguido “o maior templo das Américas”, com quatro torres que se destacarão na paisagem da cidade.

Desde o começo das negociações, a diretoria do Remo optou por divulgar o nome de uma construtora e incorporadora paulista como interessada na aquisição. Nesta quarta-feira, em contato com o comentarista Rui Guimarães, da Rádio Clube, um pastor da Universal informou todos os detalhes do negócio. A proposta da igreja não contemplaria, porém, a espera de dois ou três anos (tempo que levaria para a construção de um novo estádio, fora da área urbana) para utilização do terreno da rua Antonio Baena.  

Antes da Universal, os dirigentes do Remo chegaram a propor a venda para um grupo supermercadista de Belém e para o prefeito Duciomar Costa. Segundo fontes do próprio clube, a dificuldade em obter certidões negativas emperrou o negócio até agora.

28 comentários em “Igreja Universal quer comprar o Baenão

  1. Tudo isso com dinheiro de dízimos da igreja? …. me engana que eu gosto.

    É muita maracutaia do Edir Macedo, e ainda tem um monte de tapados que puxam saco desse bandido disfarçado de pastor e falam mal da Globo (tb não é santa).

    Qto a venda, concordo com o Cláudio Guimaraes na coluna de hoje, se for concretizada a venda com os valores mencionados, o AK merece 2 estátuas.

    Curtir

  2. Essa tal venda do Baenão é o negóicio mais suspeito que já se viu. É a única operação de venda na qual não se conhece o valor envolvido. E ainda assim, a maioria estranhamente se mostra a favor dela. Nunca houve nada cercado de tanto boato e disse-me-disse. Cada dia é um comprador diferente. Os valores são um mistério. As informações são contraditórias e mudam a todo instante. A IURD já deve ser o sexto interessado no imóvel.

    Curtir

  3. Marcelo Maciel,
    Se esse negócio está sendo feito às claras, sob a luz da legislação Brasileira e é para aumentar o patrimônio da Igreja e melhorar o conforto a seus milhares de fiéis durante as celebrações, então não existe nada errado, os dízimos doados pelos fiéis de qualquer doutrina e suas diversas vertentes religiosas, são para isso mesmo, para custear e manter essas estruturas, isso é assim em todo o mundo, já analisastes quanto custa a conta de energia de um templo? e a conta d’água, pintura, mão de obra da pintura, conta telefônica, programas de rádio e televisão ou pensas que tudo isso é “de grátis”, como diz a thurma do casseta? Pastor tem família para sustentar e ele é contratado pela instituição Igreja, com um detalhe, as denominações Cristãs Evangélicas, nunca foram e nunca serão Estado, portanto, não possuem privilégios, são os seus fiéis que terão de custeá-las, outro detalhe que vale ressaltar, caro Maciel, é a prestação de serviços agregadas às religiões, que promovem trabalho e geram renda a milhares de cidadãos Brasileiros..

    Curtir

  4. O ruim dessa história sórdida é o Remo acabar ficando sem campo nem para treinar. O correto seria a direção do Remo investir na sua modernização, mas como não foi feito lá atrás, alguém vende e apaga a luz. E assim caminha a extinção do filho da glória e do triunfo, perdido no sonho de uma arena, escondida na memória dos inocentes.

    Curtir

  5. Cássio,
    Caso esta decisão de venda (ou permuta, como “tucanou” o AK) se concretize, vai influir diretamente na questão das torcidas em Belém. A ausência de uma referência importante – seu próprio estádio no centro da cidade – terá consequências em futuro próximo, negativamente para o Remo. Quem viver, verá. Até porque o novo estádio seria construído, pela proposta sempre alardeada pelo presidente, em área fora da zona urbana de Belém, sendo candidato direto a elefante branco (ou azulino).

    Curtir

  6. Cássio,
    Ressalto, por justo e oportuno, o comportamento dos dirigentes, conselheiros e beneméritos do Paissandu. Justiça se faça, o clube tem tantas (ou mais) dívidas que o rival, mas jamais sequer cogitou de se desfazer de um patrimônio seu para quitar dívidas, que, sabemos, nunca se esgotarão. Aliás, nenhum clube brasileiro dono de grande torcida aceitou fazer esse tipo de desmanche. Se a tal venda sair mesmo, dou seis meses para que novas pendências trabalhistas apareçam – enquanto a lusitana roda gira. Só os insensatos advogam um projeto tão amalucado quanto esse, que obviamente tem vinculação direta com as eleições de 2010. Pobre Remo.

    Curtir

  7. Vocês já pensaram na trabalheira que os pobres pastores terão nas sessões de descarrego para enxotar todos os demônios adormecidos naquele solo?

    Curtir

  8. ha ha ha ha ha ah ……….porra Gersom, essa é a do ano…ha ha ha ha ah …outro pisei naquele solo Acacio para apitar um Sub 13,

    Curtir

  9. Penso que o desespero, por ter que admitir que o Amaro fez um grande negócio, começa a desesperar muita gente. Essa notícia foi dada em um programa esportivo, no Domingo, mas como provável comprador(chute mesmo). O Presidente NUNCA falou que iria construir um estádio, fora da área urbana de Belém, pode até ser, mais daí ter confirmado, é de uma maldade terrível. Não é assim que se vai ajudar Remo e Paysandu a saírem do fundo do poço. Nunca vi tanta maldade nas colocações feitas. Sinceramente estou decepcionado.

    Curtir

  10. Cláudio,
    Respeito a opinião de quem defende a venda. Sei que as pessoas têm as melhores intenções, acreditam mesmo. Não duvido nem da boa intenção da diretoria do Remo, juro. Só não posso, após tantos anos de vivência no futebol paraense, ficar calado, sem expressar uma opinião, meu amigo. Não serei omisso jamais. Creia: não há maldade, nem má fé na informação, pois o estádio (se for construído) será fora da área urbana, isto já foi dito pelo próprio AK! E, por fim, não acredito que a venda seja a salvação da lavoura, o milagre dos milagres, o maná dos céus, como está sendo apregoado. Sinceramente, preferia estar totalmente errado quando daqui a dois ou três anos o Remo ressurgisse como potência futebolística do Norte. Seria o primeiro a admitir que errei, mas satisfeito pelo acerto dos dirigentes. No entanto, não vejo chance de estar errado. Mas, enfim, vida que segue.

    Curtir

  11. Não vejo chance, se a venda/troca se concretizar do jeito que o presidente divulga, de dar errado. Seria mais honesto não acreditar nestas condições do que falar a asneira de que ,nestas condições, não sei um ótimo negócio para qualquer Clube.
    Parece mais inveja.

    Curtir

  12. Ninguém seria louco de recusar a oferta de um novo estádio + 15 milhões – se for verdadeira. Além disso, existem opções mais baratas: comprar residências, por exemplo, ao invés de um estádio caro e valorizado.

    Curtir

  13. Silas, se as intenções fossem só essas estaria feliz pq sabia que poderiamos ter um mundo melhor no futuro, devido a expansão das igrejas evangélicas. O problemas é que veem á tona tudo isso que a gente tem visto ultimamente:

    – A Igreja Universal paga cerca de R$ 240 milhões pelo tempo que usa nas madrugadas; valor que supera os preços praticados pelo mercado, pq?

    – O missionário R.R. Soares desembolsa cerca de R$ 3 milhões mensais por 50 minutos diários no horário nobre da Band.

    – Da onde voce acha que saiu o dinheiro todo para o Edir Macedo comprar a Rede Record ? Achou no lixo ? Ele trabalhou ? Ledo engano, foi estorquido dos fieis mesmo.

    – Será que ele declara IR?

    – Eles fazem lavagem cerebral nas pessoas fragilizadas psicologicamente e com isso tiram tudo que podem dos fiéis.

    – Contas fora do País.

    – E o pior, mais adeptos.

    Curtir

  14. Pode dar certo, mas e dificil, principalmente pelo partido politico e politicos que estao por tras da jogada. E bom o torcedor azulino torcer, porque se a venda for concretizada, nao tem volta.

    Curtir

  15. Depois é só se acostumar a ouvir falar do LEÃO AZUL DO TAPANÃ, DO CURUÇAMBÁ, DO MURINIM ou de onde quer que seja.

    Curtir

  16. Se o negócio é com a Universal “então me deixa o tubo”, faz sentido o preço exortitante a rápidez na liquidação da compensação (permuta mais reembolso) enfim. Apaguem tudo o que foi dito e finalmente a IURD faz a sua grande obra no Pará, como não fizeram a Vale e suas destruidoras da terra paraense, Ave Clube do Remo do Terceiro Milenio, grande e poderoso, com as benças do “pedágio do Reino de Deus”.

    Curtir

  17. não sei de onde saiu essa história de universal. mas a imprensa tem todo direito de especular. dia 09 tudo será esclarecido. o resto é coisa de falso remista ou gente com dor de cotovelo.
    saz

    Curtir

  18. Orlando,
    A informação foi repassada, por pastores da Igreja Universal, ao comentarista Rui Guimarães, da Rádio Clube do Pará. Até o momento, a diretoria do Clube do Remo não apresentou nenhum desmentido oficial. Cabe esclarecer o assunto nesta reunião extraordinária do dia 9. Vamos aguardar. De todo modo, o blog e demais espaços de que disponho estão à disposição para manifestação sua ou de qualquer outro dirigente credenciado pelo clube.

    Curtir

  19. Não sei pq vcs do grupo RBA estão no trabalho contra a TROCA do baenão, só leio reportagens negativas sobre o assunto, começando por vc e ronaldo porto. pq será que vcs não querem que o REMO SE MODERNIZE… vcs que se dizem os sabios do futebol podem dar uns palpites de MKT ja que todas as propostas nunca são boas.
    Enquanto joenville, figueirense entre outros clubes estao com arenas modernas, vcs querem que remo e paysandu continuem com esses estadios defasados. Ainda li que a hstoria( baenao e curuzu) conta muito mais que as dividas, que inteligencia essa colocação!!!!!

    Curtir

  20. Não tem mais jeito, meu caro Renan. São 32 anos de dedicação diária a este ofício, com alegrias e tristezas, como qualquer outro trabalho digno. Com seriedade e sem rabo preso, of course. Doa a quem doer. E vida que segue, como dizia um de meus heróis, João “Sem Medo” Saldanha.

    Curtir

  21. não tem rabo preso… me desculpe, mas qndo vc fala que o amaro klautau tem discurso tucano, vc automaticamente se coloca em uma posição ou partido( PMDB ) do titio jader. para bom entendedor 1 letra ja basta

    Curtir

  22. Quando digo que o discurso é tucano refiro-me ao perfil do dirigente, que age dessa forma e nunca escondeu o fato. Não tenho postura partidária, não sou filiado ao PMDB nem a qualquer outro partido. Sou um jornalista, apenas isso. Com erros e acertos, mas sem rabo preso, insisto. São mais de três décadas na luta, meu caro. Mas, como se diz, para mau entendedor, nem um caminhão de letrinhas é suficiente. Vamos em frente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s