Aluna terá seguranças para escapar de talibãs

Do Folhaonline

O vice-reitor da Uniban, Ellis Brown, garantiu na tarde desta terça-feira que a estudante Geisy Arruda (foto), 20, hostilizada por usar um vestido curto no dia 22, terá seguranças caso seja apresentado algum risco quando ela voltar a estudar no campus da universidade em São Bernardo do Campo (Grande São Paulo). Mas, por medida da universidade, Geisy não deve voltar a circular pelo prédio onde foi xingada pelos colegas e teve que sair coberta e escoltada pela polícia. Segundo Brown, a classe da aluna, do primeiro ano de turismo, foi transferida do prédio com rampas para um outro, em frente. Alunos da universidade afirmaram que ela teria “desfilado” pelas rampas antes do tumulto. Diretores admitiram que a repercussão negativa do episódio forçou a readmissão da estudante.

09312155

6 comentários em “Aluna terá seguranças para escapar de talibãs

  1. Certamente ganhará mais que perderá neste episódio. Além de está nas manchetes de todos os jornais, em breve receberá convite para posar nua em revista masculina. Querem Apostar?

  2. Não vejo a hora dela posar nua e as fotos chegarem rapidamente à minha caixa postal.
    Ela bem que poderia pedir transferência para Belém. Aqui pelo menos a perseguição teria outra finalidade.

  3. Acacio, Mestre Zeno Veloso informa que se os ”talibãs” estudassem aqui, aí sim eles iriam ver o tamanho da mini saia das paraenses, isso se não fossem pra um banheiro de qq escola..he he he …

    1. Caro Ed,
      Uma coisa é certa: esses descalibrados jamais subiriam a rampa lá em Baião… vá ser delicado assim lá na Paulicéia Desvairada, meu

  4. Caro Gerson, o que houve com esta menina, aconteçe todo dia aqui em Belém, as meninas quando estão de calça comprida, estão mostrando a barriga, com tatuagens ou algo mais, quando estão de mini-saia, não podem nem subir no ônibus, depois ficam reclamando, agora reparem na cara dessa aluna Geisy, aadivinha em que ela vai se especializar?

Deixe uma resposta