Uma homenagem de arrepiar

grazie

Por Gian Oddi, de A Bola na Bota

Antes mesmo do jogaço que marcava a volta de Kaká ao San Siro começar, a torcida do Milan já dava uma pista de como se comportaria em relação ao antigo ídolo, que agora veste a camisa do Real Madrid. “Grazie Kaká: 6 anni di emozioni non si possono dimenticare, ma stasera siamo venuti fin qua per vedere segnare il Milan“, dizia a enorme faixa acima, entre os torcedores milanistas.

Traduzindo a brincadeira, uma alusão à “extinta” musiquinha que dizia “siamo venuti fin qua per vedere segnare Kaká“: “Obrigado, Kaká: 6 anos de emoções não podem ser esquecidos, mas esta noite nós viemos aqui para ver o Milan marcar”. Antes de a bola rolar, Kaká entrou em campo para se aquecer com os demais jogadores e foi aplaudidíssimo. Durante o jogo, não.

torcida-kaka-reu-2

Mas, em sua velha casa, Kaká bem que fez por merecer mais aplauso: fez como costumava fazer nos tempos de Milan e, com uma belíssima jogada, deu início ao gol de Benzema. Justíssimo pelo que jogavam os dois times até então. O brasileiro, que já tinha deixado clara a intenção de não comemorar um gol contra seu ex-time caso marcasse, celebrou o do colega francês, ainda que discretamente.

Vieram então, ainda no primeiro tempo, as trapalhadas do árbitro alemão: um pênalti inventado para o Milan — convertido por Ronaldinho — e um gol de Pato, que viraria o jogo, injustamente anulado.

O primeiro tempo, espetacular, terminou com o 1 x 1 no placar. Na segunda etapa, a superioridade do Real deixou de existir, mas o jogo continuou ótimo — e com o 1 x 1 no placar (leia o relato). Um resultado melhor para o antigo time de Kaká, mas nenhuma tragédia para sua nova equipe, apesar da aproximação do Olympique de Marselha.

Ninguém, portanto, deixou o campo decepcionado. Muito menos Kaká, que depois do apito final voltou a ouvir calorosos aplausos da torcida do Milan. E um “olê olê olê, Kaká Kaká!” de arrepiar.

Um comentário em “Uma homenagem de arrepiar

  1. E olha que ele nem pinta o cabelo de verde.
    Esse rapaz é um orgulho para o povo brasileiro e fico feliz em ver a criançada idolatrá-lo.

Deixe uma resposta