Paissandu vence a terceira no interior

O Paissandu derrotou por 2 a 1 a seleção de Oriximiná, na noite deste sábado, no seu terceiro amistoso consecutivo pelo oeste do Estado. O jogo foi realizado no estádio Picanço Diniz. Apesar de maior domínio e posse de bola, o Paissandu encontrou muitas dificuldades para superar o esquadrão interiorano. O primeiro gol foi marcado por Robert, aos 34 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, a seleção de Oriximiná chegou ao empate através de uma cobrança de pênalti convertida pelo jogador Teles, aos 27 minutos. Logo depois, o zagueiro Carlos Eduardo aproveitando escanteio cabeceou para o fundo das redes, decretando a terceira vitória consecutiva do Papão, por 2 a 1. Os próximos amistosos do Paissandu serão nos dias 04/11 (quarta-feira), às 20h30, contra Monte Alegre; e 06/11 (sexta-feira), às 16h contra a seleção de Almeirim. Resta confirmar o jogo previsto para 7/11 (sábado), às 20h30, contra Laranjal do Jari (Macapá-AP). (Com informações da Rádio Clube)

8 comentários em “Paissandu vence a terceira no interior

  1. Apesar dos insistentes elogios de alguns órgãos de imprensa, já tem muito torcedor com a pulga atrás da orelha. O Paysandu está jogando contra times amadores, que não treinam e nem fazem musculação, e ainda assim, ganha por esses placares apertados, que não convencem. É tamanha a disparidade, que um time profissional deveria ganhar de goleada de um amador. Não se trata de arrogância, mas pura lógica, tal o abismo entre ambos.

    Uma coisa que salta à vista é que o novo time bicolor é instável emocionalmente e violento: duas expulsões em dois amistosos é algo inadmissível (três, se considerarmos a expulsão do Nazareno também) . Os atletas estariam sentindo o peso da responsabilidade ou os adversários amadores é que estão dando canseira? Preocupante…

    Para se ter uma idéia do quilate de Oriximiná, basta citar os nomes de alguns de seus craques: Quiglas (!), Lourão, Paulo Bacabeira e o rompedor centroavante “Madonna”…

    Salta aos olhos: esse combinado Fluminense de Feira e Galícia que está jogando com o nome do Paysandu vai dar muita dor de cabeça. Considerando que o Remo está na mesma situação, a turma do interior, que a cada ano chega mais perto do título, deve estar bastante animada.

    Curtir

  2. Claiton, para inicio de um planejamento, penso que o Papão esteja no caminho certo, se vai dar certo, principalmente, por ter um Técnico desconhecido, aí, cabe esperar. Espero que não seja tarde. Esse negócio de ter que golear, por ser um time profissional, conta um amador, isso não existe. Veja bem, Amigo, Um está em formação e, com a musculatura travada(Paysandu) e, o outro, pra ele é o jogo do Ano, por mais que nem treine fisicamente. Portanto, ganhar ou perder esses amistosos, é o que menos importa, o que importa é a avaliação positiva do Treinador.O grande problema é a confiança que a Torcida não tem nesse Treinador. É a minha opinião.

    Curtir

  3. Aliás, Cleiton, se o Papão tivesse perdido, ontem, por 5×0, mas o Técnico fosse o Givanildo ou Edson Gaucho, vc estaria preocupado? Duvido.

    Curtir

  4. Certamente que estaria igualmente preocupado, Cláudio. Mas duvido que um técnico de ponta trouxesse atletas do Flu de Feira e do Galícia.

    Natural você achar que o Paysandu está no caminho certo já que acha que o Remo também está… Mas a maior parte dos torcedores deve estar preocupada.

    Algo deve ter mudado. Recordo que, nos bons tempos, a dupla re x pa ia ao interior, jogava mal, mas goleava. O placar nunca era inferior a 4 x 0. Foi o futebol amador que melhorou ou a dupla da capital que caiu vertiginosamente? Fico com a segunda opção.

    Curtir

  5. Cleiton, amigo, imagino sua preocupação com seu time do coração, agora falar que eu penso que o Remo está bem, pelo menos vc nunca viu eu dizer isso, muito menos aqui nesse blog. O que quiz dizer é que, uma coisa é vc pegar jogadores medianos, como esses que estão no Paysandu e, ter o um Técnico desconhecido treinando os mesmos. A outra é vc ter esses mesmos jogadores, sendo treinados por um Givanildo ou um Edson Gaucho, que, a meu ver, são Técnicos de 1ª linha do Futebol brasileiros, para times de médio porte do Futebol brasileiro. Foi isso que quiz dizer.

    Curtir

  6. Cláudio, não incluiria junto a Givanildo o Édson Gaúcho. Benazzi, Wortman, PC Gusmão, Péricles Chamusca… estes sim são do quilate de Giva, e vice-versa.

    Curtir

  7. CLEITON, CAI NA REAL! NOSSO TIME ESTÁ NA SÉRIE C; SEM LENÇO, SEM DOCUMENTO! NÃO EXISTE MAIS ISSO DE GOLEAR DE OLHOS FECHADOS, AINDA MAIS UM TIME QUE ESTÁ SE FORMANDO DURANTE OS AMISTOSOS. NOS POUPE DESSE PESSIMISMO EXACERBADO.

    PREFIRO MIL VEZES OS CARAS DA GALÍCIA OU DE FEIRA RALANDO PARA GANHAR OS JOGOS, DO QUE OS “CRAQUEZINHOS” CONHECIDOS QUE SE ENCHEM DE FRESCURAS E TIRAM O PÉ DE TODAS AS JOGADAS.

    DEIXEM OS CARAS TRABALHAREM!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s