Ganso, a decepção do Mundial Sub-20

Por Cosme Rímoli

Paulo Henrique Lima. Ou Ganso para os íntimos. Ele foi a maior decepção no vice do Brasil no Mundial sub-20. Quando a delegação chegou ao Egito, ele era a grande estrela. Levou na bagagem até assessor de imprensa pessoal.

A diretoria do Santos tinha a certeza que ele despertaria a cobiça dos grandes clubes europeus. A divulgação do seu nome entre os empresários internacionais foi bem feita. Todos queriam ver o jogador de passe estipulado em 50 milhões de euros, ou R$ 137 milhões.

O grupo Sondas comprou 40% dos seus direitos federativos. O Santos ficou com 50% e o jogador com os outros 10%. A equipe santista fez até festa quando esticou seu contrato até 2014. Só que as partidas no Cairo foram passando e Ganso não conseguia render.

O Brasil eliminando os adversários, Ganso não jogando bem, mas lá firme como titular. “Uma hora ele explode”, sonhavam os dirigentes santistas na Vila Belmiro. Só que veio a final de hoje contra a Gana e nova decepção. Ganso foi mal outra vez.

Substituído, viu a Seleção perder a decisão nos pênaltis. Há um grande constrangimento em relação ao garoto. E a culpa não é dele. Ele tem só 20 anos. Não foi ele quem fez tanta propaganda do seu futebol.

Quem o pintou como um “novo Raí” foram dirigentes e empresários. Agora será ele quem terá de suportar as cobranças. A marca do péssimo Mundial que jogou ficará para sempre.

Ele foi levado ao Santos pelo ex-jogador Giovanni. É paraense como ele. Giovanni foi talentoso, mas frio demais nas decisões que teve pela frente. Na carreira.

Tomara que Ganso não tenha herdado essas características do seu ídolo. E que o Mundial fique marcado como apenas uma passo em falso na sua carreira…

9 comentários em “Ganso, a decepção do Mundial Sub-20

  1. O mesmo aconteceu com Neymar, outro craque inventado pela mídia. Tomara que agora estes mesmos que encheram a bola do Ganso não comecem a atacá-lo, pedindo sua saída do Santos…

    1. É preciso ter serenidade nessa hora. Se o Brasil ganha, as avaliações seriam diferentes, embora o Ganso realmente tenha atuado mal.

  2. Tenho a impressao que as imagens que chegam aqui pela Asia, sao diferente das que o tal do Cosme assistiu.
    ora porra se o cara tivesse nascido na parte de baixo, todos estariam chupando a meia dele, inclusive esse Cosme.
    Existe sim dentro do selecionado sub-20 uma briga ferrenha de empresarios por seus afilhados, saiu o Petrobras e entrou quem???
    O Douglas Costa !que joga no Gremio e tem um empresario bem mais forte.
    Dizer que o PH Petrobras foi uma decepcao e’ facil, agora querer atribuir a ele uma grande parcela da perda do Copo, e’ ser por demais imbecil.

  3. É fato, o Ganso foi irritante a quem esperava dele um futebol de categoria. Claro que não chegaria a atribuir a derrota do Brasil a ele, e nem isso o Cosme fez viu Harold? Simplismente ele foi patético nesse mundial, não jogou nada, nem queria jogar e concordo com o Cosme quando compara-o com o Geovane na preguiça, jogador sem ambição. Douglas Costa e Alex Teixeira me surpreenderam e foram os melhores

  4. A fluência do jogo dessa seleção sub-20 era de irritar. Na final então, foi horrível. A quantidade de passes errados foi um absurdo. Mas tenho uma explicação para isso: a maioria dos garotos jogam no Brasil, e por aqui, no momento, nenhum time preza pela boa troca de passes, e nenhum treinador, talvez apenas o Luxemburgo, treina esse fundamento em seus times com o rigor que deve ser treinado.

  5. Isso dele dizer que essa passagem do PH pela seleção ficará marcada para sempre é uma grande balela! Ganso foi com uma carga muito pesada nos ombros. Em certas partidas parecia se esconder para não decepcionar e acabou tendo efeito contrário. E um bom jogador. Não merece ser acusado de tal forma. O cara começou um dia desses é já querem transformá-lo num Pelé. Também não é assim…

Deixe uma resposta