Ensinando a administrar futebol

O Paissandu, nas pegadas do Remo em termos de lambanças nas contratações, ensaia trazer o veterano goleiro Paulo Musse, que defendeu o clube na Série A, sem deixar grandes recordações. Outro nome especulado para ser o titular do arco alviceleste é o ex-azulino Alencar Baú, que está disputando a Segundinha do Parazão pelo Cametá.

Um novo reforço, anunciado ontem e aguardado nesta quarta-feira, é o atacante Robert, que estava encostado no Vitória. Recomendado pelo técnico Nazareno Silva, Robert tem 24 anos e 1,65m de altura, levantando dúvidas sobre sua atuação como referência de área. O técnico, no entanto, põe a mão no fogo e garante que o baixinho tem faro de gol.

Por fim, o clube confirmou a contratação de Tácio, volante que em 2004 passou um chuvisco na Curuzu e acabou jogando o clube na Justiça trabalhista, arrancando uma boa grana. Sobre a bola fora, o diretor de futebol Louro amenizou: “Se isso realmente aconteceu, é porque o jogador estava atrás dos seus direitos e não vemos nada de mal nisso”.

Então, tá…

7 comentários em “Ensinando a administrar futebol

  1. Por que não trazer novamente Luciano Gigante, Arcelino, Douglas?
    Como diz o grande Neto: “Po, esses caras estão de brincadeira…”

  2. Me dá uma raiva dessa diretoria. Esse Paulo Musse de alface é um grande frangueiro. Levava gol porque adorava fazer golpe de vista, e haja bola morrendo no fundo do gol. Agora, o que me dá mais raiva ainda é ouvir esse tal de Neto falando essa frase citada pelo Matheus Cunha acima.

Deixe uma resposta