Tribuna do torcedor

Por Pedro Adalberto Maia

Ainda na fase embrionária desse timeco do Remo, te enviei um e-mail profetizando o fracasso que seria esse arremedo de projeto que seria implementado. Falei da péssima qualidade desses jogadores que, já tinham sido avaliados durante o campeonato paraense e que se perderia tempo e dinheiro se não se modificasse a estrutura e todo o planejamento para o próximo ano. Os resultados foram “bons” diante, digamos,  de peladeiros fracassados no interior do Estado. Com um técnico sem carisma, sem autonomia e sem inovações no plano técnico o resultado final desses meses de preparação não me surpreende. No entanto, a culpa é creditada à Diretoria incompetente e sem visão de resultados a médio e longo prazos, pois Klautau & Cia. estão cercados de pessoas que pensam pequeno para um clube grande como o Leão. Triste 2010 nos espera. Ainda bem que os Índios vieram jogar no Baenão e todos puderam ver o “timaço” do Sinomar e do Klautau. Nunca vi jogadores tão medíocres defendendo o Remo. E o pior é que eles “se acham”, talvez pensando que irão enganar mais uma vez. E o pior é estarão vestindo o manto azulino e matando o torcedor de raiva e de vergonha. É muita incompetência e despreparo.

5 comentários em “Tribuna do torcedor

  1. Vc foi perfeito nas colocações Pedro. Nessas horas eu só me pergunto uma coisa, até qdo pessoas que não sabem nada de futebol, que nunca deram um chute vão tomar conta dos nossos clubes? Pq digo isso, pq se o intuito era mesmo avaliar esses jogadores, no primeiro amistoso já seriam desligados uma meia dúzia de desqualificados. Gente, isso é futebol e não uma instituição de caridade, jogador limitado tem que ser mandado embora pra diminuir as despesas do clube. Enfim, falta muita coisa pra uma mudança de verdade.

  2. É a ÉPOCA da QUADRA ( … rsrsrs … ) NAZARENA . ( … rsrsrs … ).

    Não há nenhum MAL, é TEMPO de ARRAIAL !!!

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK !!!!!!!!!!!!!!!

  3. Pedro, temos que separar as coisas. Como vamos dizer que esses jogadores(estou falando, os da base) não são bons, se quem os ensina, é um péssimo professor? Gostaria e muito de ver esses mesmos jogadores, nas mãos, por exemplo de um Edson Gaucho ou um Givanildo, para, aí sim, tecer algum comentário sobre eles. No Futebol Paraense, a Base, não tem Base, entendeu?, por isso não conseguem mostrar todo seu potencial aqui e, as vezes, tem a oportunidade lá fora, num time que sabe trabalhar bem a base e, aí, despontam.

Deixe uma resposta