Dieguito provoca, Messi respeita

5212893a-f512-3832-8080-0e55bc1fee23

Enquanto Diego Maradona lança bravatas, cutucando Pelé e Dunga, a seleção argentina preocupa-se com o contra-ataque do Brasil, uma das maiores armas da equipe. Quem manifestou esse temor foi o atacante Lionel Messi, que é uma das estrelas do clássico que será disputado sábado, às 21h30, em Rosário, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. A partida, válida pela 15ª rodada, é vital para a Argentina, que não tem mostrado um futebol sólido nos últimos jogos e ocupa a quarta colocação na tabela de classificação do torneio. “O Brasil é uma equipe que espera ser atacado para sair no contragolpe, faz assim em praticamente todas as suas partidas e temos que levar isso em conta”, observou o jogador do Barcelona depois de treinar com seus companheiros.

Deixe uma resposta