Tribuna do torcedor

Por Paulo Bentes

Estive pensando esses dias, principalmente depois daquela vitória sobre o Águia, sobre o tipo de atleta que o torcedor bicolor gostaria de ver encarnado no seu time e cheguei à seguinte conclusão:
1- Tem que ter a elegância do Quarentinha.
2- A frieza de finalizar a gol de Robgol , Vandick e Cacaio.
3- A inteligência de Velber.
4- A força de Charles Guerreiro.
5- A categoria de Iarley.
6- E por último, a RAÇA, a VIBRAÇÂO, e o AMOR ao clube de Zé Augusto.
 
Às vezes, crucificamos o Super-Zé quando o time perde e quando conseguimos uma vitória como esta de domingo passado é que realmente vemos a importância dele no grupo, nunca o ví reclamar de treinador, de jogador, pelo contrário, se você observar, quando o time faz um gol é o primeiro a comemorar junto a seus companheiros mesmo estando no banco de reservas. É um exemplo de atleta profissional.
Sei que devo ter esquecido muita gente boa, que já deram muitas glórias ao time de Suíço. Os atletas mencionados acima, foram os que vi jogar, com exceção de Quarentinha (mas acredito no testemunho de meu pai).

3 comentários em “Tribuna do torcedor

  1. Mesmo sendo remista, por questão de justiça, se faz relevante lembrar alguns nomes que o PSC formou nos anos 80, muitos eivados da prata de casa. Não à toa, o PSC reinou na década de 80 no Pará (80,81,82,84,85 e 87). Seis títulos em uma década. Só não conseguia alcançar a projeção nacional do Leão (feito realizado somente nesse início de século). Jogadores como Patrulheiro, Careca, Heyder, Marcos, o próprio Charles, Zezinho, Luís Augusto, enfim uma verdadeira geração de ouro dos “bananas de pijama”.

Deixe uma resposta para Cássio de Andrade Cancelar resposta